04 fevereiro, 2010

AS MULHERES E OS SAPATOS

(para viver seu sonho, um conselho: esteja divinamente calçada)

Engraçado isso. Existe uma coisa que fez o maior sucesso no lançamento do meu livro. E não foi o meu LIVRO. Foi o meu SAPATO. Quem acompanhou, viu. Era um tal de chegar de mansinho. Elogiar o projeto gráfico. A capa. Minhas palavras. Comentar sobre o tempo. Brincar com o meu sotaque. E dizer, bem no final da conversa: mas e esse sapato? Ai, gente, impossível não registrar. Meu sapato causou tanto alvoroço que virou – claro! – o “sapato do lançamento”. Em todas as viagens, ele foi o primeiro a entrar na mala. A única coisa que – juntamente com os livros – eu não poderia esquecer. De jeito nenhum.

Minha prima (que observou o quanto as pessoas olhavam para o meu pé) me disse, no meio da confusão do evento: não se esqueça de escrever sobre isso.

OK. Cá estou... Lembrando de cada cidade. Cada livraria. Cada passo. No alto do meu salto, claro. Sapatos são - para as mulheres - mais que simples acessórios. Um tipo de intensificador de auto-estima... Algo como ter um Brad Pitti à tiracolo. Exagero? Ah, não sei não. Estou numa época que prefiro um bom sapato a um homem mais ou menos. Pelo menos o sapato aumenta minha autoconfiança e eu sei exatamente onde ele irá me machucar. ESTOU CERTA?

Mas o que não contei sobre o sapato em questão é que ele surgiu por um único motivo: eu não tinha como comprar uma roupa nova. Ainda mais pra cada lançamento. Com a produção do livro, minha conta ficou zerada. A ponto do gerente do banco me ligar, falar sobre juros de cheque especial e perguntar, no meio da conversa, como eu dormia à noite. (Que tal de Victoria´s Secret, Fabiano?).

Bom, nesse meio tempo... eu quase enlouqueci. E resolvi seguir minha teoria fashion de pessoa sem crédito: qualquer roupinha básica fica sempre perfeita quando acompanhada de um sapato fantástico. Pode parecer simples, mas NÃO FOI. O par de sapatos pelo qual me apaixonei era incrivelmente lindo. E incrivelmente caro. (Cadê alguém para me parar numa hora dessas?). O resto da história vocês já devem adivinhar. Quando dei por mim, JÁ ERA. Escondi minha falta de vergonha debaixo dos óculos escuros. E gastei o dinheiro INTEIRO da boleta do condomínio em um exclusivíssimo Peep Toe Bootie de verniz nº36. Ai, Meus Deus. Eram sapatos lindos... Altíssimos. Perfeitos... (Já contei que quando tinha 5 anos, ganhei sapatos de verniz da minha madrinha e dormi com eles durante uma semana?).

Pelo menos dessa vez foi diferente.

Ou quase.

Com a consciência no chão (embora eu estivesse nas alturas), comecei a achar que alguma coisa estava errada. Que futilidade era aquela, gente? É, nada fluía conforme o roteiro. AFINAL, PENSEM COMIGO... Eu estava me tornando uma escritora e – teoricamente – escritoras são profundas... Almejam entrar pra Academia Brasileira de Letras. E não pro Projeto Runaway, CERTO?

Mas, por favor. Já escrevi um livro, agora me dá um tempo. Para realizar o sonho da vida da gente, temos que estar devidamente calçadas. (E não com uma sandalinha Arezzo de 4 coleções passadas, não é mesmo?).

É, mais uma coisa aprendi com a Princesa de Rua (possivelmente ela se tornou maior do que EU, depois de publicada): pequenas obsessões existem para darmos folga às nossas preocupações. Seja um sapato. Novas cores de esmalte. Ou - até mesmo – um novo texto.


Afinal, somos mulheres ou o quê?




Um brinde às nossas obsessões. E aos momentos divertidos que elas nos proporcionam.

Ps: Esse texto é dedicado a todas as mulheres que amam sapatos. Em especial, à Fá, Beta e Brena. As mais divertidas sapatólatras que eu conheço.

45 comentários:

karina disse...

Ameiiiiiiiiiii e vc anda nessa sandália como se tivesse de havaiana... ah fala sério... LINDA DEMAIS...

Karina Balde

Roberta Sampaio disse...

Gente,quanto tempo eu não vinha aqui e QUE saudades!
E você descreveu toda minha paixão por sapatos e bolsas,são injeções de auto-estima certeiras!!hahaha
xêro imenso e parabééns pelo livrooo,ainda adquiro o meu! =D

Gabriela Castro disse...

Adorei o texto, a sandália, e a última imagem. Vou copiar ;)
beijos

Katia disse...

Simplesmente Perfeito!!!
Por um sapato desses, acho que eu tb zeraria minha conta do banco!!!! rs

Guilhermina disse...

Estou morrendo de rir!!!Este é um texto que não poderia faltar!!!No final deu empate,né?Vc,sapato e livro arrasaram!!!!bjocas e parabéns.

Fabi Serrate disse...

Porque os sapatos são os melhores amigos das mulheres!!! Pronto, falei!!! kkkkkkkkkkkk

Paulo disse...

Mas sapato não faz cafuné!!!
Eu faço... rs

Carol cruz disse...

Que textooo incrivel!!! Realmente há fases de nossa vida, que nos sapatos nos realizam mais que os homens!

Karina balde disse...

Alecrim, Alecrim dourado
Que nasceu no campo
Sem ser semeado
Foi meu amor
Quem me disse assim
Que a flor do campo
É o alecrim

Karina Balde disse...

Fê eu te amo!!!

Thay disse...

Cadê alguém pra me parar numa hora dessas meeeesmo! hahahahahahahaha

Seus sapatos são os mais phynos do mundo. Amo você calçar 36!!!
kkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Arrasou em tudo: no texto, no lançamento e nos sapatos!!!

\o/

B R E N A disse...

Fala sério! COMO ESQUECER AQUELE SAPATO???
Eu fui uma das que comentei no dia. PERFEITO, ULTRA MEGA TUNDER POWER MARAVILHOSO!
E se não fosse, ficava, só de estar no seu pé!

Karina Balde disse...

Ah Tcháilandia para de filar sapato... kkkkkkkk ADORO

thay disse...

Ka com inveja só porque não calça 36! kkkkkkkkkkkkkkkkkkk
adoroo, tcháaaaa pra voce!

Priscila Rôde disse...

"Estou numa época que prefiro um bom sapato a um homem mais ou menos."

Você arrasa!
AMEI o sapato!

ro.sampa disse...

como poderiam
ser quaisquer sapatos?!

não são somente pés
pra calçar
são parrte do ritual
parte do corpo
essencial
para o pouso
qdo as asas cansam

"pés de anjo levado" ;)

kellianeguterres disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
kellianeguterres disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
kellianeguterres disse...

Adoooooooooooorei o texto e concordo com vc,nós mulheres somos Poderosas quando estamos com o nosso intensificador de auto-estima(SAPATO)kkkkk...
FÊ VC É TUUUUUUUUUUDOOOOOOOO DE BOOOOOOOOOOOMMM!!

roberta disse...

Ai primaaaaaaaaaaa, amei!!! nuuuuuuuuuuuu! adorei demais!! vc arrasa sempre!!! e é claro que eu chorei ao ler meu nominho no texto...murri!
amo vc

B R E N A disse...

a verdadeira elegância não está nos sapatos nem na roupa.
é a elegância da alma.
e isso é pra poucos como vc!

Claudinha disse...

Fê! Você é MARAVILHOSA! Achei teu blog por acaso e vixi, tô encantada DEMAIS! Parabéns pelos textos, por ser linda e por passar tanta energia positiva!

Um beijão! Cheio de admiração.

Regina Souzza disse...

Olá Fernanda. Estava eu, revisando o material didático de Literatura da Editora onde trabalho (em Curitiba) quando me deparei com uma seção falando de vc... anotei o endereço do seu blog e então aconteceu: me apaixonei por sua escrita sincera, autêntica e sem pudores. Parabéns. Logo logo vou adquirir um exemplar do seu Princesa de Rua.

Se tiver um tempinho, convido a visitar o meu blog, Echoes.

Um abraço e muito sucesso!
Regina Souzza

Manu disse...

Ando por BH inteira a duas semanas atrás de um peep toe de saltos meia pata! HAHAHAH Me identifiquei com o texto, com a obesessão por sapatos, com a idéia de que um sapato maaaaara transforma qq produção basiquinha num arraso e que mais vale um bom sapato que um homem mais ou menos! ;) E já que é assim,dá pra me ajudar Fê? ONDE foi que diachos vc achou esse sapato? Foi em BH?

Bjus

paula disse...

so dois errinhos basicos no texto, fe:
Victoria´s Secret
Arezzo

so pra ser chata um pouco!
seus textos sao demais =*

Elizabeth disse...

acho bacana sua forma de se expressar seus textos, estou te add no meu blog!

beeijos e sucesso sempre! :)

Christiane disse...

ameeeeeeeeeei
principalmente: "prefiro um bom sapato a um homem mais ou menos"...
arrasou em tudo!
bjss

CoIsAs mInHaS (Joana Souto, Jow, Nana, Eu) disse...

Fê... Você é F A N T Á S T I C A.

Isabella disse...

Nunca comentei nenhum post, apesar de ser uma leitora assídua do blog e de tudo que vc escreve...
mas esse não poderia passar batido!
Ameiiiiiiii!
Tão bom saber que não sou a única louca no mundo, uma fantástica por belos sapatos!
Vamos montar uma excursão, uma caravana para Jau, no interior de São Paulo, capital nacional do calçado feminino. Um luxo!!! Fui capaz de comprar mais de 10 pares de sapato de uma vez só!

"Le Premier Jour du Reste de Ta Vie" disse...

Adorei a parte: "Pelo menos o sapato aumenta minha autoconfiança e eu sei exatamente onde ele irá me machucar." hahaha
Beijão.

Flávia Luz disse...

Rsrsrsr... Maravilhoso Fê! Pra mim é melhor ficar triste por causa da conta do que triste por não ter o sapato, não tem como ficar sem o nosso principal aliado. Beijinhos e até mais.

Flávia Luz disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Fernanda Mello disse...

Manu, o sapato é da Fórum!

Fernanda Mello disse...

Paula, obrigadíssima pelo toque! Já mudei!

Flávia disse...

Posso testemunhar que o sapato do lançamento é de DIVA e valeu cada centavo que faltou no condomínio do Monet. Adorei o texto! Tudo a ver comigo. Se eu conseguisse, usaria salto 15 até para ir à academia de ginástica...rsrs

Aline disse...

simplesmente xow..!!

Fernanda disse...

kkkkkkkkkk :) brilhante, fê! Você com sempre,
ARRASA! sabe muito bem o que se passa na cabeça de todas nós: mulheres compulsivas, que amamos comprar pra nos distrair de nossos problemas, preocupações... que seja! ameei o texto, eu amo sapatos, na verdade não tem uma coisa que eu não ame comprar, de clips coloridos para servir como marcador de livros até dar 200,00 numa bolsa que nem é de grife! ♥ beijo, beijo xará e mais inspiração pra você :)

Paulinha disse...

Amiga realmente arrasou no sapato, AMO td que vc escreve, agora sapatoss? fiquei louuca pq nem compro 5 pares de uma vez igual doida neh? rsrs
AMO!

Carol disse...

Aiiiiiii eu amoooooo sapatos! Loucaa mesmo, mas como sou estagiária ainda, me seguro! E aspirante a contadora já viu né? Maniaaa de não querer entrar no vermelho e anoo tudo, rs. Mas, sapatos é um caso XDDDDDD

beijocas

Claudinha disse...

Perfeito, amei e concordo muitíssimo com o texto... É massa quando todo mundo fala do seu sapato... eu tenho um texto no meu blog (claro que não é como seu, pois não sou escritora, nem de longe tenho tanta inspiração)... que fala sobre este sapato... o sapato dos meus sonhos.
Tb prefiro meu sapato a um homem mais ou menos. :D

Yayá disse...

Hahahaha! Esse foi ótimo, FÊ! Ótimo texto!

JessicaF. disse...

i love shoes, bags & boooys!
kkkkkkkkkk
seus textos não poderiam ser mais perfeitos, Fê (:

Tatiana Marques disse...

Achei esse texto um pouco pra mim...tenho doença por sapatos!!!Meu namorado sempre me pergunta pra que tanto...

É uma forma de relaxar...

Amei o texo!!!

Tatiana Marques

Jéssica Araújo disse...

Adorei! Sou definitivamente uma shoesholic haha
Texto ótimo!

I love shoes, bags and boys! (L)

Nina disse...

A cada texto que leio nesse blog vejo como todas nós,mulheres,meninas,"borboletas" somos parecidas em algum aspecto.E esse texto é maravilhoso mesmo quando a gente não tem como comprar nossos sonhos de consumo.Esses dias comentei com uma amiga que posso estar vestida com qualquer roupa mas desde que o sapato seja legal,fico maravilhosa.Meu namorado se surpreendeu com meu sonho(e bota sonho nisso)de calçar um verdadeiro Louboutin.Eu disse:é perfeito e custa R$3.750,00.Vamos combinar,não é pra qualquer uma mas acho que qualquer uma de nós iriamos ficar deslumbrantes num desses...Beijo