Coisas que me irritam
(com upgrade)

image
Fofoca. Dor de dente. Dor de cotovelo. Gente sem noção. Mensagens-cabeça no msn (odeio e, por isso, exclui o meu). Indiretas no perfil do Skype (fala na cara, ô covarde!). Telemarketing. Telefone. Gente que liga pro seu celular e pergunta: "quem está falando"? Preconceito. Frescura. Desonestidade. Arrogância. Cobranças (de qualquer espécie). Gente que não tem nada a ver com a história. Mentirosos compulsivos. Imposto de renda. Imposições (sou rebelde mesmo!). Falta de dinheiro. Falta de saúde. Falta de jeito.  Falta de pontualidade. Falta de gentileza. Falta de atitude. Falta de espaço. Falta de humor! FALTA DE AMOR. Ficar gripada no feriado. Minha impressora. Cólica. Jiló. Ovo mal cozido. Comprar um chocolate em plena TPM e descobrir que ele está velho (esbranquiçado!). A síndica do prédio. Gente pessimista. Gente egoísta. Gente mal-educada. Gente interesseira. Gente Vazia! Desculpas esfarrapadas. Marcações desnecessárias no facebook (tipo flyer de festa e propaganda política).  Engordar. Tédio. A violência no mundo. Gente que fala “é nuix” e escreve "concerteza". Homem mudo por opção. Homem hetero que usa mais cremes que eu. Essa mania das pessoas falarem: já casou? Mulher que não tem personalidade, te imita em tudo e finge que é original. FRASES SEM CRÉDITO AO AUTOR. Fotos sem crédito ao fotógrafo. Falta de respeito aos artistas. Falta de incentivo aos artistas que realmente precisam. Espinha (de qualquer tamanho, em qualquer lugar). Pinça ruim que não pinça nada. Piriguete que curte TUDO que seu namorado posta no facebook. Homem que faz luz no cabelo. Shampoo Dove. Segunda-feira. Gente que se faz de vítima. Bipolares não diagnosticados (e, consequentemente, não tratados). Caneta estourar dentro da bolsa. Jornal Nacional. Música ruim. Propaganda da Colgate na TV (acho nojenta aquela mordida com sangue na maça). Sapato que arranca o esmalte do dedão. Gente falsa que dá de amiga. Gente que conversa "pegando". Transporte público em Belo Horizonte. Pessoas com perfume forte que te abraçam e te impregnam com o cheiro. Escritoras famosinhas que te criticam e depois escrevem o mesmo que você (ser pessimista no amor é ultrapassado, meu bem!). Pseudo-escritoras que pegam seus textos (meus, no caso), mudam algumas palavras e assinam embaixo (vai descobrir sua métrica e seu estilo, ow!).  Quebrar a unha. Ir ao salão e sair pior que entrou. A faxineira te mandar SMS avisando que só volta daqui a duas semanas. Lavar louça. Ir à praia e se preocupar com o filtro–solar toda hora (da última vez eu fiquei com um vermelho em formato de coração no joelho). Ressaca. Fazer dieta (comer é bom demais!). Políticos corruptos. Sentir ciúmes. Filas intermináveis. Sapato apertado. Ficar sem tempo pra não fazer nada. Gente que só te pede favor (puta merda, caralho! Parem de pedir!). Gente que fala palavrão demais. Pseudo-intelectuais. Gente com visual muito moderno (tenho aflição e fico confusa). Homens com calça skinny que não sejam magrelos e não pertençam aos Strokes. Heteros mais sensíveis e carentes que eu (vocês estão de sacanagem, né)? Gente com mania de grandeza (“ tenho um carro tal, relógio tal, caneta tal”… FODA-SE, vai escrever com Bic, seu deslumbrado!). Pessoas que maltratam garçons e vendedores de lojas (me identifico com ambos. E sofro). Gente que fura fila (acho o fim!). Ex-namoradas do seu atual que nunca tiveram TPM (morram, vocês não são humanas!). Ex-namoradas de qualquer espécie. Gente que tira foto SÓ pra postar no facebook e fingir que é feliz. Suco de caju (não posso esquecer disso nunca, é minha criptonita!). Viajar de ônibus com alguém do seu lado que come mexerica (ou queijo coalho). Desrespeito com os idosos. Reuniões intermináveis de trabalho. Fazer projetos de lei de incentivo (burocracia sem fim). Homem que fala que o problema do mundo é a mulher (Uóti?). Homem que se acha a última bolacha do pacote. Filmes dublados (sempre com a voz da família Dinossauro – socorro!). Injustiça. Ficar no vácuo no What´s up. Dizer “te adoro” e ouvir: “OK”. E, o pior de tudo: descobrir que essa lista ainda nem começou…
Fernanda Mello (obrigada a todas as sugestões do "upgrade", enviadas pelo facebook).




Para ler:
"Cinquenta Tons de Cinza", livro de E. L. James. Comprei ontem e ainda não chegou (está na promoção na Saraiva), depois conto o que achei. Fiquei curiosa porque li muitos comentários positivos, principalmente das cenas picantes... Espero não me decepcionar.



Para ouvir:

Para assistir:
"Twixt", do diretor Francis Ford Coppola. Com Val Kilmer, Bruce Dern, Ben Chaplin, Elle Fanning, Joanne Whalley, David Paymer, Alden Ehrenreich, Anthony Fusco, Don Novello, Ryan Simpkins. O filme conta a história de um escritor em crise (Val Kilmer) que chega a um pequeno povoado e se vê envolvido no misterioso assassinato de uma jovem. Uma noite recebe a visita de um fantasma e descobre algumas pistas que o levam a acreditar que a resolução do assassinato tem muito a ver com elementos de sua própria vida.




Para fazer em casa:
Minha irmã achou esses sites super bacanas que ensinam a fazer fixador de maquiagem: http://www.beautyandblog.com/2011/12/dupe-it-yourself-mac-fix-plusmakeup.html e Primer HD http://pollyannamaverick.blogspot.com.br/2012/01/primer-hd-faca-voce-mesma.html. Fizemos o primer e dá super certo!


Para um look a la Brigit Bardot (amo!):



Para ficar mais saudável:
Veja sete bebidas que ajudarão a fazer sua dieta funcionar melhor: http://www.minhavida.com.br/alimentacao/galerias/15604-sete-bebidas-para-fazer-a-dieta-funcionar-melhor?utm_source=social&utm_medium=facebook&utm_campaign=feed

Para ajudar na vakinha:
http://www.lojinhadavakinha.blogspot.com.br/

Para quem está em BH:



Dicas dos leitores:
Blog da Priscila http://priscillarustiguela.blogspot.com.br/

Instagram da semana:



Para anotar no caderninho:

"Não é nenhuma novidade que dinheiro, viagens, status, beleza e outras coisinhas mundanas são sonhos de consumo de muita gente, mas não dão sentido à vida de ninguém. A única coisa que justifica nossa existência são as relações que a gente constrói. Só os afetos é que compensam a gente percorrer uma vida inteira ..."
(Martha Medeiros)

"Porém o amor - como o desamor - é uma tarefa trabalhosa. Que nos produz e nos recria a cada hora". (Lya Luft)

"Quando tudo parece insoluvelmente ruim, um recurso, ensinou-me uma amiga mais sábia do que eu, é indagar: Isso que está me atormentando é tragédia, ou é só chateação?" (Lya Luft)

"Passar de vítima a autor de si mesmo é um bom movimento". (Lya Luft)

"Quanto mais me despedaço, mais fico inteira e serena." (Cecília Meireles) 

Layout Cravo e Canela


Retirado do "Livro do Amor 2", da Regina Navarro.







16 Fala, coração!:

 

Dia 03 de dezembro tem Gabi Mello!

Dia 03 de dezembro tem Gabi Mello!

Anuncie aqui!