...



ULTHERA: A MAIS NOVA ARMA CONTRA A FLACIDEZ FACIAL

O tratamento não cirúrgico da flacidez facial evoluiu muito nos últimos anos. Foi baseado na necessidade de uma abordagem que promovesse um efeito lifting sem os riscos de uma cirurgia, que a indústria disponibilizou nas últimas décadas diversas tecnologias com essa finalidade. A evolução foi evidente, começando pelo laser não fracionado, luz pulsada, radiofrequência, laser fracionado e, mais recentemente, o ultrassom microfocado.

Ulthera® é um novo tipo de procedimento não-invasivo que utiliza o ultrassom microfocado para contração muscular, produção de colágeno novo e reposicionamento de tecido, sustentando, tonificando e melhorando a flacidez da pele.



A novidade e diferença do Ulthera® é sua ação no músculo SMAS (Sistema Músculo Aponeurótico Superficial) melhorando a flacidez e atuando na contração muscular, o que resulta em um efeito lifting. No ponto de aplicação, a pele e o músculo são aquecidos a aproximadamente 65°C, provocando a contração imediata do colágeno e do músculo.

Durante o procedimento com o Ulthera®, o ultrassom microfocado é entregue em uma série de linhas em três níveis de profundidade, atingindo desde as camadas mais superficiais da pele, até a musculatura.



O procedimento não é invasivo (não há cortes), não necessita de anestesia geral nem sedação, é realizado em consultório e proporciona uma recuperação imediata. Além disso, o tratamento pode ser feito em qualquer época do ano e por pessoas de qualquer tipo de pele.

Os resultados são percebidos ao longo de 2 a 3 meses, e alguns pacientes relatam melhora contínua por até 6 meses. É importante salientar que o procedimento com o Ulthera não substitui o lifting com cirurgia, sendo indicado nos pacientes que não querem ou não podem se submeter a um tratamento invasivo.


DÚVIDA DOS LEITORES:

1) Legal. Achei bem interessante sua postagem. Trabalhei com clostrídioses no meu mestrado e quase ninguém sabe coisas a respeito.

Obrigado! A toxina botulínica é de grande utilidade na medicina. Além da estética, o uso do produto pode ser utilizado em várias doenças neurológicas e outras áreas médicas.

2) Olá! Dr. Bruno existe alguma contra indicação em depilar o rosto todo com cera quente? A depilação com linha certamente deve ser melhor, mas ainda é difícil encontrar profissionais que oferecem esse serviço. Abraços, Edna Rodrigues

Olá Edna! A depilação com cera quente deve ser realizada por profissional habilitado. Existe a possibilidade de alergia (dermatite de contato) ao produto e até queimadura. Se estiver em uso de algum ácido noturno, o ideal é a suspensão do produto por no mínimo 1 semana antes do procedimento. Uma alternativa mais definitiva no tratamento de pelos na face é a depilação a laser e, nesse caso, mais que nunca deve ser realizado por um médico treinado.

E você? Possui alguma dúvida ou quer sugerir temas para essa coluna? É só deixar seu comentário, que iremos respondê-lo na semana que vem.

Muito obrigado pelo carinho,

Dr Bruno Vargas

ps: Curtam minha página no facebook e curtam também a página da Inovatto.




4 Fala, coração!:

 

Dia 03 de dezembro tem Gabi Mello!

Dia 03 de dezembro tem Gabi Mello!

Anuncie aqui!