FERNANDICAS 07/08




Para ler:
Porque eu adoro Carpinejar! Ainda não li esse livro, mas acabei de comprar e estou na felicidade clandestina... Depois eu conto o que achei!




Para ouvir:

Para ver de novo:




Promoção:


Parceria ISTSHIRT:
Chegaram os novos modelos de camiseta ISTSHIRT by Fernanda Mello. Bora comprar? Tem promoção no site!

Para usar o Feng Shui na hora de colocar os espelhos em casa:
http://www.personare.com.br/dicas-para-usar-espelhos-na-decoracao-m4054

Para falar da pele:


Mitos e verdades sobre a ACNE!

1) Acne e espinha é a mesma coisa.
Não. A espinha (ou pústula) é apenas uma das formas da acne. A acne é uma enfermidade do folículo pilossebáceo, não contagiosa, de característica hereditária (genética), caracterizada por comedões (cravos), pápulas (bolinhas vermelhas sem pus), pústulas (ou espinhas, quando há pus) e nódulos na pele, que aparecem nas áreas com maiores secreções sebáceas (rosto e costas, por exemplo).
2) A acne é resultado de uma higiene inadequada.
Não. A acne é uma doença de característica genética. A higiene inadequada agrava, mas não é a causa da acne..
3) Não se deve mexer nas “espinhas”, pois isso vai criar cicatrizes na pele.
Sim. O indicado é não mexer nas “espinhas”. Isso pode, primeiramente, disseminar a colonização bacteriana causadora da acne para outra área. E, em segundo lugar, o traumatismo da pele pode gerar alterações na pigmentação ou mesmo cicatrizes.
4) A alimentação pode influenciar no aparecimento da acne.
Não há nenhum estudo que diz que um determinado alimento piore a acne em todas as pessoas. Entretanto, a ingestão em excesso de alguns alimentos poderia piorar – mas não causar – a acne.
5) Estresse causa acne.
Sim. O estresse é um dos fatores que agrava a acne. Durante o processo de estresse, o organismo aumenta a liberação de hormônios – adrenalina e cortisol – e isso faz que a produção das glândulas sebáceas aumente, piorando o quadro de acne.
6) A acne com o tempo acaba.
Sim. Na maioria das pessoas a condição melhora com o tempo, especialmente após a adolescência. Mas entre 20% e 30% das pessoas continuam com a condição na idade adulta. Um público sensível à acne na idade adulta são as mulheres, por exemplo, pois as alterações hormonais – comuns em condições como síndrome do ovário policístico – fazem persistir a condição. E existe também um componente genético na acne, o que quer dizer que algumas pessoas podem ter acne durante toda a vida se não forem tratadas.


Para saber mais, acesse: http://www.inovatto.com/ ou marque uma consulta com o meu querido Doutor Bruno Vargas (instagram @brvargas) através do telefone (31) 3317-4895.






Para um look mais elaborado:





Leitor/escritor da semana:

Para anunciar:
Para anunciar em nossas mídias sociais, blog e Fernandicas, só mandar email e pedir nosso mídia-kit: contato@fernandacmello.com. Eventos e lançamentos, falar com Isabela, no mesmo email.

Para dar um up no seu negócio:
Eu recomendo! Minha assessora @isabelaguadanini



Leitora da semana:


Bela Oliveira

Para anotar no caderninho:












3 Fala, coração!:

 

Dia 03 de dezembro tem Gabi Mello!

Dia 03 de dezembro tem Gabi Mello!

Anuncie aqui!