Com que letra eu vou?



Para ler (trechinho do Amar é punk que vem aí):

- Existem várias formas de amor.
- Não, amar é uma coisa só.
- Mas existem várias maneiras de se fazer uma mesma coisa.
- Entendi. Então você pode amar de várias formas. É isso?
- Sim, é. E é bem aí que eu quero chegar: qual é o tipo de amor você quer de mim?


E tem mais:
Em agosto, livro meu pela Editora Empíreo: O amor na TPM. Aguardem!



Para pensar:



Para animar a sexta-feira:





Para assistir:



Para arrasar no final de semana:
Escolhemos a linha da Fórum da @bemtequerobem (IG), que é super sensual sem ser muito frufru. AMO! Curtiram? Aproveitem que agora a Bemtequero está aceitando pagamento com cartão de crédito! Fanpage: https://www.facebook.com/bemtequerobem


Acessório da semana: 
Os escolhidos da semana da Loja But Le (insagram: @lojabutle e facebook www.facebook.com/lojabutle) foram essa pulseira dourada (que cai bem com tudo) e o kit de pulseiras de marsala, cor eleita do inverno.


Gostaram? Então corram que está tendo sorteio no meu instagram @fernandacmello, resultado sai quinta-feira, dia 09.



Fê:minices -  Moda e Cultura

Ótima notícia: o poncho é uma das principais tendências deste Inverno. Achamos super prático porque, com apenas duas peças (ou três, no máximo) - você sai linda, chic e quientinha de casa.

Sugestões:
Com calça Flare ou skinny e bota.
Com legging, vestido ou short com meia


A sétima arte, em palavras - Gustavo Rezende

Lúdico, repleto de subtextos e simplesmente apaixonante. Assim pode ser descrito Divertida Mente, uma das mais incríveis e melhores animações já feitas para o cinema.
Com um roteiro inventivo e profundo, o longa consegue - de forma rara - agradar crianças e adultos com a mesma intensidade. Fui em uma sessão legendada, onde a maioria dos espectadores eram adultos. Ao longo da projeção era possível ouvir a reação do público, que ria, chorava e se envolvia com a criativa história e a linda mensagem que Divertida Mente traz aos nossos corações.
O longa conta a historia de Riley, desde o seu nascimento até os 11 anos de idade. Mas aqui o ponto de vista é mostrado de forma diferente. Acompanhamos sua vida através de sua mente, onde as cinco emoções básicas - Alegria, Tristeza, Raiva, Medo e Nojinho - controlam e equilibram as suas ações e seus sentimentos. Uma inesperada mudança e a exposição a uma nova realidade, promoverá um desequilíbrio dessas emoções e uma busca desenfreada pela reorganização emocional. A fantástica direção de Pete Docter consegue balancear três subtramas de forma eficiente, evitando a monotonia de um filme que trabalha com inúmeras metáforas. Em uma trama acompanhamos uma incrível aventura de dois sentimentos antagônicos como a Alegria e a Tristeza na mente de Riley. Em outra, vivenciamos o Medo, o Nojinho e a Raiva assumindo o controle de sua emoções. Por fim acompanhamos a própria Riley em sua vida externa, suas relações com amigos e família, além de sua paixão pelo Hóquei. O trabalho de dublagem é incrível, com destaque para Amy Poehler (Alegria) e principalmente Phyllis Smith (Tristeza), que compõe o melhor personagem dos últimos tempos. Achei o 3D do filme pouco inovador, tornando-se dispensável.

Divertida Mente é um filme que mostra que o segredo para a uma vida plena é saber equilibrar as emoções. Que alegria e tristeza fazem parte das nossas vidas e que uma é essencial para a descoberta da outra. Incrível!


Gustavo Rezende (instagram @gustavosrezende) é publicitário, especialista em desenvolvimento de produtos cosméticos e amante da sétima arte. Criador do instagram @cinediario, contribui semanalmente com críticas, indicações e curiosidades sobre os melhores filmes.














E semana que vem vai rolar promoção do @cinediario, @cineart_oficial e @fernandacmello! Sigam a gente no Instagram e aguardem!



0 Fala, coração!:

 

Dia 03 de dezembro tem Gabi Mello!

Dia 03 de dezembro tem Gabi Mello!

Anuncie aqui!