Com que letra eu vou?



Para ler:
Acabei de comprar... Louca pra chegar!




Para pensar:






Para ouvir bem alto:




Para animar...




Para arrasar no final de semana:
Escolhemos esse conjunto da @bemtequerobem (IG), que é doce e sexy ao mesmo tempo. Curtiram? Aproveitem que agora a Bemtequero está aceitando pagamento com cartão de crédito! Fanpage: https://www.facebook.com/bemtequerobem





Acessório da semana: 
Os escolhidos da semana da Loja But Le (insagram: @lojabutle e facebook www.facebook.com/lojabutle) foram esse colar dourado envelhecido e essa pulseira étnica linda (que fez parte dos últimos sete dias):


Gostaram? Então corram que está tendo sorteio no meu instagram @fernandacmello



Fê:minices -  Moda & Cultura

Com informações do site Petisco, um novo documentário de estilista vem aí, dessa vez é sobre o norte-americano Jeremy Scott. Scott é estilista da marca própria, parceiro da Adidas e, desde 2014, diretor-criativo da grife Moschino, além de amiguinho de nomes da música como Katy Perry, Rita Ora e Miley Cyrus -que disse que eles foram feitos um para o outro.  
O filme mostrará toda a sua trajetória, assim como outros nomes grandes da moda, como Martin Margiela, Valentino, Raf Simons, Karl Lagerfeld e Yves Saint-Laurent.

No documentário, com trailer lançado no Pret-a-Reporter, vamos descobrir a esfera privada da vida de Scott, conhecendo a cidade em que passou a infância, na área rural do Missouri, e todo o caminho que o levou até assumir a direção criativa da Moschino. Não há dúvidas que Scott sabe fazer uma marca se tornar desejo de consumo, vide suas criações para a Adidas, com seus tênis de ursinho, asas e rabinhos, e absolutamente tudo da Moschino, desde que assumiu seu posto. Afinal, quantas capinhas de celular de batata frita do McDonald’s você não viu por aí nos últimos tempos? 





“Como criança, em uma fazenda, numa cidadezinha, olhando para as revistas e vendo a alta moda e querendo fazer parte daquilo tão desesperadamente, eu não fazia ideia de que as passarelas eram falsas e o que estava na TV não era real”, fala. “Eu não quero ser visto como um fac-símile de outra pessoa”, diz sua voz em off no vídeo.


Para Miley Cyrus, “as roupas dele meio que representam as pessoas se expressando e indo pra frente e sendo totalmente livres”. O rapper A$AP Rocky também está no documentário e é cheio de elogios para o amigo. “Jeremy Scott mudou a minha vida. Ele meio que colocou uma ponte entre o gueto e a alta moda”. Não à toa, o documentário, com direção de Vlad Yudin, se chama “Jeremy Scott: The People’s Designer” (“Jeremy Scott: o estilista do povo”, em tradução livre), e será lançado em setembro.

Fotos: Getty Images e Pret-a-Reporter



A sétima arte, em palavras - Gustavo Rezende

Há tempos não assistia a uma animação tão divertida, sarcástica, equilibrada e bem escrita como Os Minions. Com inúmeras sacadas geniais e uma trilha sonora incrível, o filme torna-se uma ótima opção de entretenimento para todas as idades. Infelizmente a cabine de imprensa exibiu o longa dublado, queria muito ter visto o trabalho de Sandra Bullock como a vilã Scarlet. Na versão brasileira, a missão de dublar a pérfida personagem ficou por conta de Adriana Esteves, que faz um belo trabalho, mas carrega um quê de Carminha na postura e entonação de voz.

O roteiro do filme é algo inesquecível! Contando a gênese dos fofinhos personagens amarelos, somos informados que eles estão entre nós desde os primórdios, sempre servindo os maiores vilões da história. E é aí que somos brindados com as melhores cenas, afinal os Minions são inseridos em diversos momentos históricos, gerando situações hilárias. Depois, somos transportados para os anos 60, onde são apresentados todos os ícones da década, como uma esperta participação dos Beatles, o movimento Hippie e a campanha política de Richard Nixon. Aliás, o longa presenteia o público adulto à todo o momento com diálogos afiados, situações inteligentes e até uma inesperada piada de conotação sexual.

A história gira em torno da busca dos Minions por um novo "chefe", depois de viverem anos e anos sem ter um amo a quem seguir. 3 deles, Stuart, Kevin e Bob, são escalados e partem nessa incrível jornada. No caminho, descobrem que uma feira em Orlando reunirá os maiores maldosos do planeta, inclusive Scarlet Overkill, a super-vilã do momento. Depois de pegarem carona com uma divertidíssima família do crime, os Minions chegam ao evento e vivem as maiores aventuras de suas vidas. Não quero dar spoiler, mas observem o incrível final do longa, que conseguiu um link genial com a franquia de onde saíram os adoráveis bichinhos amarelos. Não levante da cadeira quando terminar o filme, durante os créditos foram preparados inúmeras esquetes super divertidas envolvendo os pequenos.
Os Minions é uma animação dinâmica, tecnicamente perfeita e repleta de situações inesquecíveis. Imperdível!



Gustavo Rezende (instagram @gustavosrezende) é publicitário, especialista em desenvolvimento de produtos cosméticos e amante da sétima arte. Criador do instagram @cinediario, contribui semanalmente com críticas, indicações e curiosidades sobre os melhores filmes.













E as promoções continuam, parceria do @cinediario e da @cineart_oficial e @fernandacmello! Sigam a gente no Instagram e aproveitem: TEM SORTEIO NO IG DO @CINEDIARIO!



0 Fala, coração!:

 

Dia 03 de dezembro tem Gabi Mello!

Dia 03 de dezembro tem Gabi Mello!

Anuncie aqui!