NO MEIO DA LAMA, O AMOR... (PUNK!)



Pessoal, está chegando! 
É QUINTA-FEIRA, DIA 26, na A Autêntica! Estarei vendendo e autografando AMAR É PUNK,  de 19 horas até o final da festa. Entrada franca até 22 horas. A partir de 23:00, shows com Paula Kfuri, Guilherme Calk e participação especial da Gabi Mello.
ESPERO VOCÊS!


Para começar a semana com pensamento positivo, generosidade e AÇÃO, um texto foda da +Renata Lommez  para a gente pensar...

E de repente, no meio da lama eis que aparece ele, o amor!

Não te dá uma vontade de chorar, um suspiro que não sai do peito quando você se depara com o drama que vivem as famílias, milhares, que sofrem com o descaso de Mariana? 
Não podemos aqui falar em acidente, Mario Sergio Conti tem dito que desastres e tragédias não são provocados pelo homem, são acontecimentos que não estão sob nosso controle, muito diferente do que aconteceu por lá. E como dói nosso coração cheio de amor ao ver as pessoas perdendo anos de luta, o pouco/muito que tinham, perdendo sua paz ao reviverem seu drama, perdendo sua historia e muitos afetos apenas porque são invisíveis como seres humanos e porque precisam se submeter à dependência do que o mais forte lhes proporciona apenas para que os prazeres desse sejam realizados. Freud escreveu em 'O mal estar na civilização':_ “Uma satisfação irrestrita de todas as necessidades apresenta-se como o método mais tentador de conduzir nossas vidas; isso, porém, significa colocar o gozo antes da cautela, acarretando logo o seu próprio castigo”. Apesar de vermos tanta gente querendo lucrar através do mais fraco, de vermos nas sociedades passadas e contemporâneas a busca pela realização dos desejos daqueles que detém o poder custe o que custar, quero observar aqui que é preciso acreditar no amor em suas diversas formas e enxergar como temos tentado mudar, como apesar ainda de muitos ”faça o que eu falo, mas não faça o que eu faço”, as pessoas se mobilizam pelo outro cada vez mais e existe uma busca constante pela mudança em nossos paradigmas. É hora de trocar o choro de dor pela busca da solução e chorar de emoção diante da apresentação do amor solidário pelo próximo que vem mundo afora, através de verdadeiros heróis que canalizam sua arte em ações, cuidados e força, força essa que ganhou peso e união de todos que estavam presentes no show da banda Pearl Jam, banda que transformou um espetáculo de música em e, principalmente um espetáculo de amor. Força que surge através de infinitos heróis anônimos que doam dinheiro que às vezes mal têm pra si, que doam tempo e assistência porque sabem que é preciso deixar de lado o próprio umbigo na ânsia de cuidar do outro. Precisamos ser sábios para lidarmos com o lado ruim da vida. O descaso de uns fazem brotar ou fortalecer o amor de outros uns, pelos outros. Tragédias, dramas, desastres acabam por formar uma corrente do bem surpreendente e, e no fim das contas tudo pode levar ao amor, basta querer, e querer de verdade amar. “Em última análise, precisamos amar para não adoecer.”Freud

"Amor no Divã" e "Frases no Divã" é escrita pela psicóloga, psicanalista clínica, gestora de pessoas e especialista em projetos para terceiro setor +Renata Lommez,que me ajudou em todo o livro O AMOR NA TPM. 

Instagram: @renatalommez





0 Fala, coração!:

 

Dia 03 de dezembro tem Gabi Mello!

Dia 03 de dezembro tem Gabi Mello!

Anuncie aqui!