.



Um minuto aí, prestem atenção. Façam silêncio. SOU EU? 
Ali, naquela letra, naquela música, naquele cd, sou eu? 
Gente, sou eu! 
Eu, rodando no som...
Eu que amo Almodóvar e quero escrever imagens, ali, girando... 
Eu no meu som que não toca. 
Olha eu falando: ME AMA! Pedindo: ME AMA? 
Olha eu correndo, voltando, querendo, escancarando meu coração para todo mundo ouvir...
Eu que não tenho vergonha na cara, não tenho métrica, não tenho orgulho, não sei parar, OLHA EU ALI! Digam o que quiserem, me chamem de exagerada, alucinada... Essa ali sou eu. 
Amei demais, sofri demais, então, me deem licença para eu escrever demais? 

Estou à beira de um ataque de letras!


E tudo isso porque te descobri naquela manhã, naquela esquina, me olhando, sorrindo. LINDO! 
Ex-pai dos meus filhos, eterno amor de mil vidas, menino de cheiro bom, queria tanto um abraço seu....
Um abraço e um beijo...
Um abraço, um beijo e 500 mil reais para eu me mandar daqui. 
Me mandar desses olhos, sumir do seu mundo, construir uma vida BEM longe de você. 
Longe de você e da sua voz. Longe de você e da minha poesia. Longe de você e de mim. 
Eu quero um lugar para NUNCA mais ter que me lembrar de você. 
Eu quero um lugar para DESINVENTAR você. 
Eu quero um lugar onde você não tenha LUGAR, eu quero um amor novo para RECOMEÇAR, eu quero acordar e ME VER. 
Mas o quê eu faço se quando olho pra dentro de mim é VOCÊ que eu vejo?


BURRA!!
Não entendo como uma pessoa inteligente possa ficar momentaneamente BURRA!

ps: esse texto é muito, muito antigo, mas me divirto com ele...


5 Fala, coração!:

 

Dia 03 de dezembro tem Gabi Mello!

Dia 03 de dezembro tem Gabi Mello!

Anuncie aqui!