Com que letra eu vou?



Para ir:
É amanhã!





Para pensar:



Feliz Dia das Mães:



Sex-Tha

Ménage  - Quebrando Tabus-

Ménage à trois, ou simplesmente ménage é uma prática em que o sexo envolve três pessoas, um casal e um convidado ou três pessoas solteiras independentes, é uma forma que casais e curiosos no geral arrumaram de fugir da rotina do sexo ou simplesmente para apimentar a relação. Você com certeza já ouviu falar algum dia ou conhece alguém que já tenha feito.  Hoje vamos esclarecer algumas duvidas sobre o assunto e entender o porque não é um bicho de sete cabeças ou uma putaria de fim de noite.
Bom, para começar vamos focar no prazer e na experiência que o ménage proporciona para você e para os outros. É sempre bom conversar com seu parceiro sobre as preferencias e possibilidades, ambos tem que estar confortáveis com a situação, NUNCA em hipótese alguma, faça para agradar o outro ou como uma tentativa de salvar um relacionamento.
No caso de um casal, nunca se deve escolher alguém que um dos dois já tiveram algum envolvimento emocional, isso não só pelo ciúmes que pode aparecer depois e complicar a relaçao, mas pelo fato de expor sentimento num momento em que só o sexo deve prevalecer . Outra ponto é você ter consciência de suas limitações sexuais, se você não for bem resolvido sexualmente, talvez seja melhor repensar antes de tentar algo diferente.
Na hora do ménage vale sempre lembrar que são três pessoas envolvidas, não deixe seu parceiro de lado ou o convidado sem saber o que fazer, a interação tem que ser no mesmo nível para que os três saiam satisfeitos dessa experiência ok? E por fim, confiança e intimidade são os pontos principais para que o ménage role bacana e sem desprendimento algum, deixe que o tesão guie vocês e a experiência será incrível!

Obs: Sempre rola aquela pergunta persistente e chata :
-Mas e se meu namorado (a) manter um caso com ele (a) depois?
 Resposta:
-Amigo (a) , como você tem um relacionamento com uma pessoa que não confia?
# BJOTCHAU #VLWFLW

É isso galera lienda! Aproveitem a SEX THA e abram suas mentes! beijããããão
Qualquer duvida, opiniões e críticas no email: thamytie@gmail.com
E deem sugestões para a próxima SEX THA!
Beijão!




Thais Mytie (@thamytie) body piercer, apaixonada por todo tipo de arte, rock n roll e animais. Interessada por difundir e desmistificar as polêmicas do SEXO!


Wal: falando de moda

Hoje vou dar uma dica de uma loja incrível, que agora tem e-commerce: a Luana Jardim.
Cada sapato lindo, com acabamento impecável. A arte está estampada em cada modelo e a exclusividade Luana Jardim é o que difere: você nunca verá um calçado como o dela por aí. Fui ao lançamento do seu e-commerce, em um evento chiquérrimo no Museu de Moda em BH, que contou com uma homenagem à 12 mulheres marcantes em Minas, incluindo nossa queridona Fê Mello. Semana que vem farei a cobertura completa do evento aqui no blog. Foi muito glamouroso e divertido: gente bonita, música boa e sapatos que são como verdadeiras joias.

Para não matar de curiosidade, aí vão alguns modelos:




Amaram? Então aguardem que semana que vem mostraremos o que rolou no evento:  sapatos de babar, quem vestiu o quê, além dos bonitos e bonitas que fizeram a noite.

Um ótimo final de semana para todos! Um beijo grande para todas as mamães!



Walkiria Freitas (instagram @walfreitasmavric) é produtora de moda e personal stylist. Começou como modelo e produtora no Brasil, e depois aperfeiçoou seu trabalho durante os anos que morou em Buenos Aires, escrevendo para diversas revistas da América Central. 










A sétima arte, em palavras - Gustavo Rezende

Inadmissível a ausência de Jennifer Aniston no Oscar 2015. Com uma atuação impactante e repleta de camadas, a atriz simplesmente carrega nas costas o convencional (e um pouco entediante) Cake: Uma Razão para Viver. A performance de Aniston é infinitamente superior à de Reese Whiterspoon em Livre e Felicity Jones em A Teoria de Tudo, ambas indicadas na categoria de atriz principal.
Vou procurar não passar muitas informações sobre a história, pois esse é um filme em que as causas e circunstâncias são reveladas de forma gradativa, em doses quase homeopáticas. O que posso dizer é que Jennifer interpreta Claire, uma mulher amarga, ácida, repleta de cicatrizes no corpo, na alma e que convive com uma terrível dor física. Viciada em remédios, ela passa a participar de um grupo de auto-ajuda, onde convive com outras mulheres que também convivem com dores. Logo na primeira cena descobrimos que uma das integrantes não suportou a barra e pulou do alto de um viaduto. Interessada na história da suicida, Claire aproxima-se do viúvo e do filho do casal, iniciando uma história cheia de descobertas.
Como disse anteriormente, o grande destaque aqui é Jennifer Aniston. Completamente desprovida de vaidade, ela imprime uma dor tão intensa em suas expressões, que esquecemos se tratar da atriz que contruiu sua carreira em comédias românticas açucaradas. A composição de Aniston é tão rica, que toda a sua estrutura fisica e psicológica (fora de forma, agressiva, amarga) são justificadas pela dor que passou a ser parte integrante de seu corpo e de seu cotidiano. O resto do elenco está funcional, com enorme destaque para grande atuação de Adriana Barraza como Silvana, a fiel escudeira de Claire.
Cake é um filme convencional, extremamente lento e que não possui um elemento principal de conflito. É um filme que acompanha o triste cotidiano de uma mulher que está em busca de uma razão pra viver e que se não fosse pela atuação soberba de Jennifer Aniston, passaria despercebido.

CURIOSIDADE
Quando os créditos finais estiverem "subindo", observe a ótima versão da música Halo de Beyoncé.


Gustavo Rezende (instagram @gustavosrezende) é publicitário, especialista em desenvolvimento de produtos cosméticos e amante da sétima arte. Criador do instagram @cinediario, contribui semanalmente com críticas, indicações e curiosidades sobre os melhores filmes.








0 Fala, coração!:

 

Dia 03 de dezembro tem Gabi Mello!

Dia 03 de dezembro tem Gabi Mello!

Anuncie aqui!