ESPERTINHOS FUTEBOL CLUBE

(porque esse é o time que mais cresce no mundo?)

Não há nada – definitivamente NADA – que me tire mais do sério quanto o “dar de bobo pra se dar bem”. Parece que o tal jeitinho brasileiro virou febre. Passar a perna sorrateiramente é a última moda. O NEW BLACK. A tendência mais forte para todas as estações. E o pior: é tudo tão escancarado que merece até prêmio. Onde está a boa (e velha educação), o caráter, aquelas coisas que aprendemos no berço?

Minha mãe sempre me disse que as pessoas colhem o que plantam. Que quem faz mal para os outros acaba se dando mal lá na frente. Pois bem, eu acredito nisso. Sempre acreditei. E me pergunto: aquele Sean Parker (que criou o Napster, enganou o menino do Facebook e agora é atual sócio da Warner) continua se dando bem mesmo depois de ter se mostrado um mau caráter? Sei bem o que Dona Guilhermina me diria uma hora dessas: você não sabe o que ele sente quando coloca a cabeça no travesseiro. É, realmente, eu não sei. Dinheiro e sucesso não são premissas para a felicidade. E, às vezes, pessoas são tão rasas que nem têm noção do estrago que causam.

Mas eu fico indignada como as pessoas conseguem ter êxito passando por cima das outras. Isso é antinatural, gente! No meu mundo, pessoas boas recebem coisas boas como prêmios. Em todas as áreas da vida. Eu vivo assim. E, sinceramente, meu mundo anda tão cheio de Sean Parkers (bem mais pobres e menos talentosos, obviamente) que eu fico com medo de me abrir. Vivo desconfiada e isso não é nada bom.

As pessoas perderam seus valores. O respeito pelo outro. E, mesmo com o pé atrás, eu me estrepo, dia após dia, com gente querendo tirar proveito da minha cabeleira loura. NÃO É UMA BELA BOSTA? É, turma. É uma porra de um mundo que eu não quero que meus futuros filhos vivam porque tem muita gente estragando tudo por aí. (Precisamos de mudanças já!). Claro que tem gente digna e de boa índole, mas eu deixo para falar deles em outro texto porque eu venho perdendo a fé no ser humano. Infelizmente.

Mas a boa notícia é que continuo ainda com fé no que eu penso (mesmo que pareça ingenuidade), e por isso venho escrever esse texto para tirar o nó da garganta e alertar aos que ainda sabem ouvir: o mundo precisa de mais gentileza. E menos – muito menos! - rasteiras.



P.S.: A minha informação sobre Parker foi baseada no filme “A rede social”. Fiquei impressionada com a ganância e furação-de-olho retratada nas telas (pensei que só acontecesse isso na vida real, rs). Ô Justin Timberlake, FRANCAMENTE, você trabalhou tão bem que se te encontrasse na rua seria INCAPAZ de te dar um sorriso. E pior: você (o Sean) inventou o Napster, imagina o quanto de direito autoral que já perdi por sua causa? Bom, é isso. Cada dia a gente pega um pra carregar nossa cruz e servir de inspiração para textos bizarros. NADA PESSOAL.



45 Fala, coração!:

Fernanda disse...

Aqui em casa tb já ouvi milhões de vezes: "O plantio é opcional, a colheita é obrigatória". Isso me consola bastante, rs...
Texto-desabafo hj é?
Se tentarem te dar o golpe, grita q vou praí te defender!! rs..
Beijo enorme, milha linda!
Fernanda Blumel

B R E N A disse...

Eu escrevi sobre isso uma vez. Não acredito mesmo naquele papo de "merecer", não acho que a gente tem o que merece não... senão os canalhas iam sempre se dar mal e a gente ia sempre se dar bem, e não é assim que acontece, infelizmente!
Mas nao perde a fé no ser humano não, ainda tem gente boa no mundo (se tem a gente, deve ter mais alguém!)

Fernanda Mello disse...

AINDA BEM QUE A GENTE TEM A GENTE!!! ;)

Andréa disse...

Ai... acho tão triste essa tendência outono-inverno de querer se dar bem em cima da boa fé dos outros, de querer se dar bem de qualquer maneira, de só pensar em si mesmo. Eu ODEIO quando vejo algo assim acontecendo na vida real. É, porque nos filmes eu desligo a tv e pronto, mas na vida, a gente tem que engolir e na maioria das vezes, não há nada que se possa fazer. E você engole a raiva, as lágrimas e perde um pouquinho mais a fé nas pessoas. E aqui no Brasil isso é tão comum. Tomara que as pessoas do bem (como você) resolvam fazer uma revolução e decretem o egoísmo, o mau-caratismo (?) e a falta de vergonha fora de moda! Feio, brega, demodê! Igual pochete, legging de oncinha e mullets...
Não Fê, pensando bem, a gente não pode perder a fé nas pessoas! A gente pode lançar moda, sim! Lançar uma campanha pra Fashion week nenhuma botar defeito! Pessoas boas existem e têm que sair do armário! Chega de ser enganado e deixar barato!
Estou me assumindo a partir de agora: EU SOU BRASILEIRA, SOU HONESTA E ISSO NÃO É DEFEITO!!!
A única rasteira que eu quero é aquela sandalinha de praia (e olha que ela é boa pra dar chinelada também, se precisar!)!
Agora é sua vez de se dar bem, de vencer do jeito certo! Não deixe ninguém te passar a perna! Briga, grita, xinga, mas o que é seu, é seu!
Ser boa não quer dizer ser boba, não é mesmo? (Bobo é quem pensa isso!)
Beijos, flor!!!

@twitos

Walkiria Freitas Mavric disse...

Violet, continuemos dando nossos BONS EXEMPLOS. E uma banana bem grande pra esse povinho uó!!!!

karina disse...

Sobre esse tipo de gente só posso falar: " A gente não deseja mal a niguém, só prevemos o futuro" (Violet Wal)
kkkkkkkkkkkkkkkkkkk adoroooooo

É O QUE TEMOS!!!!

Ka Balde

Paula Hanser disse...

É, a gente vai criando uma dura casca, de tanto levar na cara desse tipo de gente, e as vezes também acho que estou perdendo a fé no ser humano, mas ai vem uma pessoa que muda isso com uma aitude que para muitos pode ser pequena, mas que pra gente vale o dia, como esse seu texto. Sempre bom saber que tem mais gente que pensa assim, como você e as pessoas que comentam aqui.
Bêjo

Lud disse...

Mais um texto maravilhoso.. sempre me questiono sobre isso.. mas vamos ter fé e acreditar que o que é nosso ta guardado!

Beijos!

Juliano disse...

Fernanda, há pouco tempo vi sua crônica no face, de coração amei de mais... sinto que tudo que expressou foi do coração.
Isso me inspirou muito, pelo momento que estava passando.
e sua ultima postagem no blog, é a mais pura realidade do ser humano: Egocêntrico! falta Fé. AMor ao próximo. E desde que entendo por gente, sempre acreditei: Aqui se faz, aqui se paga!
E por mais, que tentamos levar vantagem,(em qualquer situação) sempre damos dois passos atrás...
Continue assim mostrando a todos que AMAR é punk!!! e completamente sem explicação! Um grande abraço Juliano

Poli Lima disse...

Era isso que eu estava pensando a tempos! me digam meu deus aonde vai parar a MALDADE e a PREPROTÊNCIA alheia?! hoje em dia dói pensar em um futuro, em filhos, familia, mais como a fernanda falou ''Ainda bem que a gente tem a gente..'' Eu luto por dias e pessoas MELHORES!

Raphaela disse...

Contando as horas para proxima cronica! Olho o blog todo dia na esperança de ver uma nova cronica aqui... hehehe

Flor de Lótus disse...

Oi,Fernanda!Cheguei aqui através do seu vídeo amar é punk.Gostei muito e vim aqui conhecer teus textos.Pois é assim como o Sean do filme não era um santo o criador do face também não tanto que ele morreu em nada menos do que 65 milhões de dólares em indenizações aos gêmeos e o ex sócio brasileiro.Pois é a verdade é que as pessoas só querem levar vantagem em tudo e confiar realmente fica cada dia mais difícil.
Beijos e parabéns pelo seu trabalho!

Patrícia Ballare disse...

Sem comentarios... To tao saturada de tudo que tem me acontecido que até desanimo de falar sobre.
Falei algo assim, talvez de uma maneira mais pesada, dias atrás... Se puder, quizer e tiver tempo dá uma olhadinha plis: http://patriciaballare.blogspot.com/2011/04/os-que-maquinam-o-mal.html

Beijos e fica com Deus, só Ele é 100% fiel!

=*

Fernanda Macedo disse...

Xará,
Nem me fale em rasteiras!
Fazer mal e querer se dá bem as custas dos outros estão na moda.
Triste, mas é a realidade!

♫ Fé em Deus e pé na taba!! (Tribalistas)
Um beijo enorme =*

Maísa Bodevan disse...

GENTILEZA gera GENTILEZA!
GENTE LESA gera GENTE LESA! Esses passadores de perna são todos lesados, mesmo se achando grandes espertalhões.. blergh!
E não tem jeito, o tal do caráter vem de berço né?! Quando eu era criança e fazia capoeira, sempre preferi tentar dar estrelinha (mesmo com muita dificuldade em deixar as pernas esticadas) a dar rasteiras..
Tão melhor levar a vida com estrelinhas!
E pros Sean ParkerS desse mundo fica um desejo: "Bruxaaaaa, fedidaaaa, tomara que de dê dor de barrigaaaaa!" ♫

Rafaela disse...

Fernanda,

Guria incrível o seu blog...
Foi minha primeira vez aqui, mas com certeza agora as visitas serão frequentes!
Um grande abraço de uma canceriana pra outra canceriana!

♡ Kalyne Soares disse...

oie!
gostaria de saber se esse texto é seu!

"Hoje acordei inteira. Migalhas? Pedaços? Não, obrigada. Não gosto de nada que seja metade. Não gosto de meio termo. Gosto dos extremos. Gosto do frio. Gosto do quente (depende do momento.) Gosto dos dedinhos dos pés congelados ou do calor que me faz suar o cabelo. Não gosto do morno. Não gosto de temperatura-ambiente. Na verdade eu quero tudo. Ou quero nada. Por favor, nada de pouco quando o mundo é meu. Não sei sentir em doses homeopáticas. Sempre fui daquelas que falam "eu te amo" primeiro. Sempre fui daquelas que vão embora sem olhar pra trás. Sempre dei a cara à tapa. Sempre preferi o certo ao duvidoso. Quero que se alguém estiver comigo, que esteja. Mesmo que seja só naquele momento. Mesmo que mude de idéia no dia seguinte."

postei no meu blog. algum problema? linkei com esse endereço!
aguardo resposta e se for, parabéns!
coloquei um marcador p vc lá! e to seguindo!
=D
bjs!

http://kalynesoares.blogspot.com

Ana disse...

Como sempre Fe vc disse tudo, apesar de ser otimista ultimamente e cada vez mais to perdendo a fe nas pessoas.....

ML disse...

não tem um texto nesse blog que eu não tenha lido, e amado. Seguidora declarada! Espero um dia saber escrever da mesma forma...

Vinicius disse...

Nanda - pura verdade!
Levando pro lado do amor - já sofri demais com as rasteiras, porque é muito fácil encontrarmos pessoas que saibam dizer o que queremos ouvir, e ai? Como saber até que ponto esta sendo verdade!?
Apesar de tudo não desisto de meus princípios, valores - acredito que devemos ser honestos sempre e sei que seremos recompensados diretamente em algum dia por sabermos ser pessoas boas!
Quanto ao confiar ou não? EU PREFIRO ACREDITAR!

Bjus - adorei seu blog

ps: vi seu vídeo amar é punk adorei e fiquei muito feliz em saber que vc faz aniversário no mesmo dia que eu rsrs.

ps2: mais um bju. Fica na paz!

Rodrigo Jácome disse...

Coitado do Sean Parker. O filme é baseado em fatos reais mas é uma ficção. Ele, na vida real, não é como o cara do filme.

Mariane disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Mariane disse...

Fernanda, conheci seu blog tem uns dois meses, meio que por acaso tentando saber que tipo de pessoa escreveu "o que eu também não entendo", que eu nem preciso dizer que a pesquisa foi feita por profunda admiração.
Eu não tinha comentado ainda, mas esse texto mexeu comigo.
Eu ainda não perdi a minha fé nas pessoas. Essa tendência do "euismo" tá forte mesmo... Mas procuro focar no que tem de bom... Mas tem dia que não dá né... Tem dia que excede.
Beijos

CHEZ disse...

Ai, foi um alívio ler esse texto hoje!
Pensei que só ainda fosse assim ( a que sonha com uma mudança drástica de todos os seres do mundo!!rsr)
Você me inspira à escrever!
Entra em meu blog qualquer dia se puder! Por favor!
Beijos..
Obrigada sempre pelas reflexões diárias que seu blog me proporciona!

Anônimo disse...

É fantástica a paixão que sente por você mesma. E por Sabrina Sato, uma joana ninguém. Se o mundo
girasse em torno de você, como parece imaginar que gira, seria um
lugar inóspito, frio e cheio de espelhos. Acorda, menina.

"Por Dentro" disse...

ah...vai tomar no cú anônimo!!

Renata Carvalho disse...

Ô Anônimo...

Você não acha que é fantástica a paixão que nós amigos, admiradores, leitores e fãs da Fê temos por ela e por seu maravilhoso dom de escrever algo que nos toca?
Isso é fantástico!
Quanto a você se referir a Fê como "joana ninguém"... é... quem é você mesmo???

Já que pediu pra fê acorda aproveita e vê se você dorme e esquece da vida inteligente e produtiva das pessoas, principalmente dessa grande pessoa e mulher.

Passar muito bem. Quem sabe você esquece das pessoas que são:
"Fê-Lizes"!

Renata Carvalho

* Mayra Pelissari * disse...

O sucesso de alguem que sabe brilhar incomoda muita gente.

Fê, não liga pra esse tipo de gente. Ignorar é o melhor tapa na cara que se pode dar em alguem!

Bjos da sua FÃÃÃÃÃÃ,
Mayra!
Aquela que te atormenta via twitter, hehehehehe.....

Andrea disse...

Ih... essa coitada (ou coitado, vai saber) aí de cima tem muito o que aprender...
Não existe paixão melhor do que da gente pela gente mesmo!!! Triste é quem não se ama, porque aí não pode amar mais nada, tem um coração "inóspito, frio"...
Eu, por exemplo, sou completamente apaixonada por mim, e por isso mesmo, sou uma pessoa de bem com a vida! E acho que as pessoas que se amam são assim também!
Então Fê, não liga, não! Continua sim, absoluta e irremediavelmente apaixonada por você mesma, com esse coração lindo, essa ins-piração divina e faz bastante sombra pra esse tipo de gente pequena e covarde e que ainda por cima, não sabe escrever porque eu não entendi nada!
Além de tudo, a inveja ainda emburrece... afe!

@twitos

Anônimo disse...

"Acorda menina"? Acorda mesmo, Fê! Vem ser cada dia mais e mais e mais fê-liz! Lutando passo a passo (como sempre fez), não para que o mundo gire em torno de ti, mas para que fique mais iluminado como você faz e muito bem. "Ainda bem que a gente tem a gente". Amoooooooooo!

B R E N A disse...

Ai, gente, sério que o Colossal te dá alergia? Que raiva!!!!! kkk
Esse delineador da Maybelline super vou testar AGORA. Tipo que daqui a pouco vou na araujo. hahaha

Ana Karina disse...

Desde que eu era pequena aprendi a seguinte frase:" Nunca faça com os outros, aquilo que vc não gostaria que fizessem contigo". Sábias palavras!!! Nosso eterno Cazuza dizia:"Vida breve...". E já que a vida é breve, vamos FAZER VALER A PENA!!!
Para todas as pessoas anônimas, ocultas e indeterminadas, uma só palavra: RESPEITO!!!
Respeito é bom e todo mundo gosta!!!
A humanidade AGRADECE!!!
E a Fernanda Mello PREVALECE!!!
AD INFINITUM!!!
Te amo sis
AINDA BEM QUE A GENTE TEM A GENTE!!!
Ka.

Sidnei disse...

Fernanda,
Fiquei admirado com um vídeo seu rolando no Facebook, mais precisamente o "Amar é Punk". Li este texto também e fiquei estupefato com a sua forma de exteriorizar os sentimentos.
Ganhou um seguidor!

Beijos, Sid.

Haydee Cerantola disse...

TI AMAMOS...!!

Anônimo disse...

Genteee, que é Fernanda Mello???
Cheguei aqui através da crônica digital- amar é punk- e JÁ ADOREI DE CARA.
Muito boa , muito mesmo.
Gamhou uma leitora assídua.
Te mando beijos e minhas melhores vibrações.

Fabiana Gonçalves disse...

Fê, infelizmente as pessoas, cada vez mais, valorizam uma bunda muito mais que o caráter! O correto se tornou fora de moda e o bacana é sair na frente, custe o que custar. Mas tem gente bacana tb, sensível e honesta...
Um dia o mundo dá uma sacudida e o que for podre vai cair. Tenha Fé! Beijos e mais sucesso.

http://fabianagoncalves.blogspot.com

Fernanda disse...

FÊ, xará, eu vi o pensando nisso, e vc colocou em palavras. Tb vivo indignada com tanta gente que se acha o maioral, mas na verdade é gentinha estúpida que tenta se dar bem às custas de pessoas boas. É mto triste mesmo... e pior, vemos isso em pais educando crianças para se dar bem,... outro dia, estava com minha filha de 4 anos ~ñ me lembro onde, e o pai fez o filho pequeno furar fila (a minha frente, claro) para ganharem tempo ... achei um absurdo e falo sempre para minha pequena: "Q coisa feia, o pai ensinando o filho a fazer coisa errada". E ela sempre faz "Tsc, tsc, tsc..."...rs... Espero que com isso e outras mil atitudes e ensinamentos eu consiga criar um ser humano que não seja egoísta, apesar de filha única, e que seja capaz de saber a vez dela...!
Um beijo, amei seus textos e seu blog! SUCESSO!

Luis Felipe disse...

Gostei do desabafo, o texto é muito sincero e direto. Só não sei se quando Parker dorme sente algum remorso, e francamente, não me importo. Não quero que ele sofra e mude, isto me parece meio sádico, quero que ele mude, mas porque percebeu que ser feliz junto com as pessoas é mais intenso o que ser feliz por vitórias.

Bamboo e Sol Bernardi disse...

Puxa... Encontrei teu texto totalmente por acaso... E comecei a ler sem parar o q vc escreve.
Q delícia.
E como faz bem ver q tem gente q pensa como a gente.
Parabéns por esse coração lindo q vc tem!
Beijos!

Helena Rios disse...

Olá Fernanda...Antes de tecer um comentário, gostaria de ratificar o que talvez esteja "cansada" de ouvir, mas como dizem que não cansamos do que é bom, vamos lá: seus textos são belos demais e de uma leitura tão gostosa, que o texto acaba e fica a vontade de que ele não tivesse acabado, aquele gostinho de quero mais!
Não a conhecia, por acaso chegou até mim, ontem, um vídeo seu: "Amar é punk", me identifiquei e fui procurar outros escritos seus...E por uma surpresa boa, cheguei nesse seu texto!E sinto algo semelhante: vivo desacreditada pelofato de tantos falsos valores serem consolidados,tantos falsos sorrisos serem apreciados, enfim, tanta falta de "gente" no meio da multidão...E o pior, eu continuo acreditando nos valores de berço que recebi, mas não tem sido fácil viver na falta deles no mundo ao redor...Volta e meia escrevo algo, e por razão semelhante, ia deixando meus escritos soltos e perdendo alguns, resolvi fazer um blog faz poucos meses, mas tem muito pouco por lá, até fiz um texto, cujo título é Questionamentos, que corrobora com este seu, se puder dá uma olhada e me diz o que achou.
Vamos continuar acreditando!

http://helenariospensar.blogspot.com/

R E L Í C T I A disse...

Eu estou cansado. Muito cansado. O mundo é sim dos espertinhos. O vilão só se dá mal em filmes. Na vida real também, mas só quando vacila. E assim o é com os mocinhos também.

Sobre colheiras, plantios, leis de retornos, enfim... pra mim isso tudo é carismática católica.

Eu acredito na Terceira Lei de Newton. Toda ação e bla bla bla bla... Alguns chamam isso de deus, justiça divina enfim... Eu acredito nesta lei da física que governa o universo.

Não é porque todo mundo estraga que eu também estragarei. Afinal, meu nome não é "Todo mundo". As pessoas podem até terminar com o mundo. Eu não ajudarei a terminar. E se caso eu estiver animado, eu ajudo a reconstruir. Mas vai ter um preço. Porque como no filme "Draco", '...minha honra não alimenta nem a mim nem a meu cavalo."

Fernanda disse...

Oie!
Acabei de conhecer seu vídeo "Amar é punk" e gostei tanto que resolvi visitar seu site. E ganhou mas pontos comigo quando vi este post. Não tenho Facebook porque após assistir o filme A Rede Social, decidi não colaborar com nenhum centavo para o bolso de um cara mala.
Obrigada por colocar a indignação na net.
Ótimos textos! Parabéns!

Beijinhos :*

Anônimo disse...

Possibly the most amazing blog that I read all year dresses with sleeves!?!

Amend disse...

Legal seu blog, Fernanda! Parei para comentar aqui porque compartilho da sua intolerância, mas com uma abordagem um pouco diferente. Primeiro que "se dar bem" para mim passa longe de fazer algo para ganhar muita grana (sem ser hipócrita a ponto de não achar que ter alguma é necessário para um bocado de coisa). O dinheiro tem uma característica que pouca gente se dá conta: você sempre pode ter mais! Isso significa que colocar todo o esforço simplesmente para ganhar dinheiro (sem pensar para que ele vai servir) é um caminho quase certo para a frustração. E por isso tanta gente é atropelada nesse caminho. Eu obviamente trabalho para ganhar meu dinheiro também (um trabalho que eu amo, por sinal), mas sei exatamente em que parte da minha felicidade ele vai entrar.
Mas enfim, isso é um assunto para muitas horas de prosa. hehehe
Abraços

Fanzine Episódio Cultural disse...

A ACADEMIA MACHADENSE DE LETRAS (Machado-MG) comunica que estão abertas as inscrições para o VIII Concurso Plínio Motta de Poesias, do ano 2011.
Inscrições até 21 de outubro de 2011. Entrem em contato para adquirir o Regulamento:
a/c Carlos Roberto machadocultural@gmail.com
===================================
ESTE CONCURSO ESTÁ ABERTO A TODOS!

O VALOR DE 2 REAIS CORRESPONDE À INSCRIÇÃO PODE SER COLOCADO DENTRO DO ENVELOPE CONTENDO AS 6 CÓPIAS DO POEMA.

ABRAÇOS

CARLOS

 

Dia 03 de dezembro tem Gabi Mello!

Dia 03 de dezembro tem Gabi Mello!

Anuncie aqui!