Crônicas Digitais: Amar é Punk




Turma, esse é uma nova invenção minha e do Marinho Antunes. Chama-se Crônicas Digitais, um novo formato para trazer minhas frases e fases até vocês... Claro que continuarei escrevendo por aqui (está sendo um desafio falar, já que eu gosto MESMO é de escrever), então logo postarei o texto do vídeo para quem quiser ler na íntegra.

Aí vai a ficha técnica (gostaria de agradecer imensamente a todos que nos emprestaram seu tempo, equipamentos, estúdio e paciência, haja Smirnoff Ice pra eu me soltar diante das câmeras!!)

Direção/Fotografia/Edição: Marinho Antunes (para ver o site do Marinho Antunes, clique aqui)
Produtora: Estudio Pro
Produção: Eduardo Lopes
Câmera: Renato Silva (Tigrão)

Esse é um projeto totalmente independente, quem quiser ajudar, patrocinar, etc, é só mandar um email para fernandamello2006@gmail.com. Aceitamos de pequenas a grandes verbas, vale-refeição, drinks e qualquer boa vontade. A cara de pau (como sempre) é por conta da casa. Obrigada!

PS: Estou quase curada do meu medo das câmeras! Aguardem os próximos vídeos! Charlize Theron Feelings, hahahaha.

PS2: Vocês pediram tanto no twitter (tô amando os comentários, obrigada!), que voltei pra publicar o texto:


AMAR É PUNK


Eu já passei da idade de ter um tipo físico de homem ideal para eu me relacionar. Antes, só se fosse estranho (bem estranho). Tivesse um figurino perturbado. Gostasse de rock mais que tudo. Tivesse no mínimo um piercing (e uma tatuagem gigante). Soubesse tocar algum instrumento. E usasse All Star.

Uma coisa meio Dave Grohl.

Hoje em dia eu continuo insistindo no quesito All Star e rock´n roll, mas confesso que muita coisa mudou. É, pessoal, não tem jeito. Relacionamento a gente constrói. Dia após dia. Dosando paciência, silêncios e longas conversas. Engraçado que quando a gente pára de acreditar em “amor da vida”, um amor pra vida da gente aparece. Sem o glamour da alma gêmea. Sem as promessas de ser pra sempre. Sem borboletas no estômago. Sem noites de insônia. É uma coisa simples do tipo: você conhece o cara. Começa, aos poucos, a admirá-lo. A achá-lo FODA. E, quando vê, você tá fazendo coraçãozinho com a mão igual uma pangaré. (E escrevendo textos no blog para que ele entenda uma coisa: dessa vez, meu caro, é DIFERENTE).

Adeus expectativas irreais, adeus sonhos de adolescente. Ele vai esquecer todo mês o aniversário de namoro, mas vai se lembrar sempre que você gosta do seu pão-de-sal bem branco (e com muito queijo). Ele não vai fazer declarações românticas e jantares à luz de vela, mas vai saber que você está de TPM no primeiro “Oi”, te perdoando docemente de qualquer frase dita com mais rispidez.

Ah, gente, sei lá. Descobri que gosto mesmo é do tal amor. DA PAIXÃO, NÃO. Depois de anos escrevendo sobre querer alguém que me tire o chão, que me roube o ar, venho humildemente me retificar. EU QUERO ALGUÉM QUE DIVIDA O CHÃO COMIGO. QUERO ALGUÉM QUE ME TRAGA FÔLEGO. Entenderam? Quero dormir abraçada sem susto. Quero acordar e ver que (aconteça o que acontecer), tudo vai estar em seu lugar. Sem ansiedades. Sem montanhas-russas.

Antes eu achava que, se não tivesse paixão, eu iria parar de escrever, minha inspiração iria acabar e meus futuros livros iriam pra seção B da auto-ajuda, com um monte de margaridinhas na capa. Mas, CARAMBA! Descobri que não é nada disso. Não existe nada mais contestador do que amar uma pessoa só. Amar é ser rebelde. É atravessar o escuro. É, no meu caso, mudar o conceito de tudo o que já pensei que pudesse ser amor. Não, antes era paixão. Antes era imaturidade. Antes era uma procura por mim mesma que não tinha acontecido.

Sei que já falei muito sobre amor, acho que é o grande tema da vida da gente. Mas amor não é só poesia e refrões. Amor é RECONSTRUÇÃO. É ritmo. Pausas. Desafinos. E desafios.

Demorei anos pra concordar com meu querido (e sempre citado) Cazuza: “eu quero um amor tranqüilo, com sabor de fruta mordida”.

Antes, ao ouvir essa música, eu sempre pensava (e não dizia): porra, que tédio!

Ah, Cazuza! Ele sempre soube. Paixão é para os fracos. Mas amar - ah, o amor! - AMAR É PUNK.

111 Fala, coração!:

Isabel disse...

Posso falar né?? Vc é foooda garota!! Adorei esse lance de crônicas virtuais. Ler seus textos ja era fantástico, agora ouvir então...

Juliana disse...

demais! Adorei! Só tenho uma reclamação: atualiza o blog mais vezes!

Joy Venega disse...

AMEEEEEEEEIIII =D Longaaaaaas conversaaaaas!... éééé VDD atualizaaaaaa mais e maiiiis! =D

Lô Chifarelli disse...

Adoreeeei!! Mas não deixe de escrever, seus textos são ótimos. Vc fica bem de qualquer jeito. Gostaria que se não fosse pedir muito você desse uma olhada no meu. Eu costumo escrever tb, seria ótimo ter uma opinião de quem entende. Inclusive, tenho textos seus postados lá tb. Mais uma vez, adorei. Parabéns!! BEIJO


http://lorenachifarelli.blogspot.com

Larissa Soares disse...

Que máximo!!! Muito bom!!! Quero mais!!!

Pasárgada disse...

A voz deu ainda mais vida aos seus comentários! Uma fofa, você. Uma crônica assim é pra quem tem coragem de ser extremamente fofa!

adorei, Fernanda! :)

Anônimo disse...

Só digo uma coisa: AMEEEEEEEEEEEI! De verdade!!!!

Fernanda Blumel disse...

M-U-R-R-I!!!
Quero ir pra BH hoje!! Linda, minha Charlize com esse sotaque incrível, um texto mais que perfeito...
Amei o novo formato!! Dá a chance das pessoas verem a carinha da pessoa q escreve as coisas mais lindas desse mundo! (e que, desculpa aí, é minha amiga, eu conheço, já fui guia turística dela e comemos macarrons esfarelando o carro todo, rs....).
Texto lindo, mas a coisa mais linda desse vídeo, ainda é vc!
Amo pra sempre!!!
Beijo, miss ya!

Aimée disse...

Amei essa ideia de crônicas virtuais. Lendo já dá vontade de chorar,ouvindo então...nóoooo!

"Amar é atravessar o escuro.
Amor é reconstrução, é ritmo ...desafios "

Arrasou!

beijos!

Girassol disse...

Oh trem bão ...
Esse seu jeitinho da falar "minerêis" deu charme no texto..
Simplesmente uma salva de palmas..
Amei..Sou sua fã.

Lívia disse...

Mineirinha demais, haha! SUA LINDA!

Lívia Lisandro disse...

Que texto mais lindo! Suave e sincero. Bom saber que esse amor existe, dá esperanças pra gente que ainda está buscando!! :D

Ludmila Melgaço disse...

CARALHO, tá a coisa mais linda do mundo esse texto, o vídeo...
Tô me achando em cada palavrinha, Fê!
Beijo!

Anônimo disse...

Sensacional...
''Amor não é só poesia e refrão, amor é reconstrução''.
Sugiro que vc publique o texto tbém...
Parabéns!

Pri Nóbrega disse...

AMEI!!! Tem como não amar?

Pensamentos de Menina disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
A menina disse...

há! adorei ver que vc é mineirinha como eu... ficou muito fofo o vídeo!

Mel'S. disse...

Esta muito massa, cada vez mais se superando na sua criatividade... mto boom msm... soh tenho um pedido, naum deixa de escrever naum, com palavras escritas o encanto eh sempre maior... mas tah mto boom msm o video..
Bêju&Qêju

Paula Figueiredo disse...

Muito lindo, Fê! Adorei a ideia! Parabéns!

Concordo plenamente que "Amar é Punk" e que a paixão é para ser superada, apenas isso.

Bacana! Que venham muitas outras crônicas virtuais como esta. Muito AMOR e abundância em sua vida!

Beijos! E vamos confiar na vida! ;)

E é claro -sempre- no amor!

Anônimo disse...

Tinha que ser a Fê Mello pra inovar e arrepiar nossos cabelitchos com palavras doces, puras e simples! Parabéns garota!

Carla Aguiar disse...

AMEI!
A ideia, o texto, o novo formato e o sotaque fofo!
E fiquei querendo amar assim também...*rs

=)

LUIZITTO disse...

Você e seus textos dispensam comentários!

Linda como sempre (ainda mais agora com esse sutaque mineiro... meu Deus)!!!

"AMAR É REBELDIA"

Parabéns, bjs

Gabriela Castro disse...

Lindaaa!!! Amei :D

@melloiola disse...

- Ler me leva a imaginar a voz... as vezes escuto até a minha mesmo.

- Ouvir foi poder sentir como se fosse minha alma revelando o que minha boca tem medo de falar.

- Assistir é ver no olhar o sentimento e saber q foi escrito não por profissão... mas foi escrito reamente com coração!

Eu disse...

A M E I , o texto é foda ...começa por ai!

Segundo que, nada melhor do que "conhecer", ainda que superficialmente, o jeito que você falaria... como conversa entre amigos.
Na leitura a gente escuta a própria voz, com essa nova forma.. a gente te escuta. De verdade, rs.

Parabéns Fê.

Ana Karina disse...

Sistaaaaaaaaaaa
Como é que eu falo alguma coisa depois de ver isso!!!
Cê é meu orgulho uai!!!
Te amo!!!

Larissa Svetlana disse...

Foda, viu? Parabéns!!

B R E N A disse...

Fê, cheguei à mesma conclusão recentemente. Adorei a parte de dividir o chão.
To muito procurando isso!
ÓTIMO texto, parabéns!!!

Larissa Svetlana disse...

E falo mesmo que eu adorei o teu anel de caveira.. auhauahuah :b

Anônimo disse...

Fernanda, Linda como sempre... que voz mineira... que jeitinho mineiro de falar!!! Porra... mto bom msmo... amar é punk! mas eu ainda acredito que é preciso ter borboletas no estômago... pelo menos no início!

beijos

Angélica Campideli

Juliéte disse...

Mas ó, tá fantástico!!! Adooooooooooooooooooreeeeeeeeeeeeei!!!! Maravilhoso! Já mandei pra um monte de gente!!! rsrsrs...Mto bom, mesmo! Parabéns!!! :)

Mariana disse...

Fê!

Super amei também!!!!!
Vc está ótima no vídeo, ficou muitissimo bem feito, o texto então... sem palavras!
E veio super a calhar, viu?! Muito mesmo, nem sei como te explicar... E olha que legal esse negócio de vídeo. Vi uma vez e já amei. Até coloquei no repete, precisava prestar atenção de novo, não tem condição ser tanto o meu momento, como alguém poderia imaginar – não contei nem para as minhas amigas! Enquanto vc falava eu navegava pela internet e aí de repente uma frase que vc disse esclareceu tantas interrogações da cabeça...
:)
Adorei a iniciativa, muito inovadora, sucesso sempre!!
Toda a produção está de parabéns!!

Beijos de quem te admira e acompanha cada letrinha que vc posta desde 2006 e vai acompanhar sempre!

Juliana Mesquita disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
karina disse...

Ou... PQP,Caralioooooooo, ficou MARA... Nem vou falar mais nada... Que Deus te abençoe!!!

karina disse...

Essa karina ai sou .... Karina Balde

jessica.on disse...

aaaaaaaaaaaai Fê! eu já tava morrendo chorando essa noite, chorei mais ainda quando eu li.


e atualiza maaaaaisssss!

beijo

Anônimo disse...

aai, ameeei essa idéia do vídeo. ficou ótimo. Que foofa vc :) e o texto tá incrível, como sempre. Parece que você lê a minha mente.

é, atualiza maais. ;**

Lud disse...

Fê não sei o que é mais fofo... o video, sua voz ou a perfeição do texto!
Parabéns pela idéia.. coragem e dedicação!
Beijinhos

Dany disse...

ADOREI!
Adorei o texto, adorei e a ideia do vídeo!

Concordo(e muito) quando você diz que “relacionamento a gente constrói”, talvez seja por isso que os casamentos em outros países onde “se constrói o amor” dão mais certo.

Também ando a procura desse certo alguém que divida o chão comigo!! Vou encontrar, quando eu parar de acreditar em “amor da minha vida” como você sabiamente falou!

Fê, sou sua fã!!!

Beijos Mil.

Fabiana Gonçalves disse...

E eu chorei, chorei e chorei!
Postei no meu blog,tá? Obrigada por me dar inspiração.

http://fabianagoncalves.blogspot.com

Dudu Braga disse...

Irado!

bX-752o1g disse...

Ah! Eu n tinha visto!!
AMEIIIIIZING!!!

FODA!PUNK!FODA!

Anaterra

Anônimo disse...

Muitooo Bom como sempre ,arrasouu !!! AMEII !!!

Ana disse...

e mais uma vez vc certissima .... e dizendo tudo
Parabens pelo lindo texto... bjs Aninha

A Mina do cara! disse...

Assisti agora pelo facebook e vim conhecer seu blog.

gostei da crônica. só não acho que paixão é pros fracos.

de qualquer forma é uma bela crônica, e o video ficou muito legal!

um beijo

A Mina do cara! disse...

voltei aqui porque vi que é de BH também... que bacana!

um beijo

Anônimo disse...

Parabéns pelo Post e pela Crônica virtual... Amei..
Me emocionei de verdade! lindooo!

Keila

Pòllyanna disse...

Manda muito bem, sempre!!!

***MissUniversoPróprio*** disse...

Aí é que está. O grande lace é que somente quem já encontrou o amor sabe exatamente do que se trata. Só quem já o encontrou é capaz de compreender que todas essas relações ansiosas, enlouquecidas, não passam de paixões travestidas, que a gente chama de amor pelo simples fato de jamais ter vivido um amor de verdade.

Maravilhoso texto e excelente ideia, a das crônicas digitais.

=*

Blog da Kellica - Mergulho Interior disse...

Fernanda, difícil achar uma parte que não seja tão verdadeira e tão identica ao que tenho encontrado, perguntado...enfim! Mas se eu fosse dar uma enfase a algo neste texto seria para"aconteça o que acontecer, tudo vai estar no seu lugar. Sem ansiedades, sem montanhas-russas".
Lindo texto, linda história, lindo aprendizado de vida e de amadurecimento! Parabéns também pela nova forma de se expressar, ficou muito fofa! Kellica

B R E N A disse...

Fê, o Yes é lindo, né?! Mas em BH só tem no centro da cidade e não chegou dessa coleção ainda... aff. pedi no Mercado Livre. Bjocas e obrigada por visitar o blog!

Raquel Ribeiro disse...

Fernanda, adorei a ideia do video! Adorei escutar você! É como se alguém sentasse do lado da minha cama e começasse a ler um texto pra mim...
Muito bom!
Abraço.

www.raquellribeiro.blogspot.com

Fabrini disse...

PERFEITO!

Rebecca Sanches disse...

Olá, Fernanda! Conheci o seu blog através de um post compartilhado da crônica virtual no facebook. Boa iniciativa que está divulgando o blog.
Na verdade, eu gostei mesmo dos seus textos e do seu blog. Gostei tanto que acabou me rendendo um gancho para um texto no meu blog.
Visitarei sempre que puder.
Bjos

www.cadeiracomabajur.blogspot.com

Fernanda Gallindo disse...

Você não cansa de nos surpreender?? Simplesmente AMEI!!
O texto... o novo formato de fazê-lo...
E é bem engraçado, a gente lê seus textos e meio que tenta imaginar você, sei lá, seu jeito de ser.
Ai um belo dia, vi aqui em um site uma entrevista sua... e Meu Deussss como vc é diferente do que eu imaginava. Falo em relação ao seu jeito... lendo os textos ngm te imagina assim mineirinha! rsrs
Mas de certa forma me fez ser ainda mais fã! Pois além de super me identificar com seus textos, de eu ser também canceriana, também me chamar Fernanda, agora me identifico também com seu "jeitin" (apesar de não ser mineira, e sim baiana) rsrs
Parabéns xará! Continue nos presenteado com essas maravilhas!

●๋• Aline Agustinetti. disse...

Você é maravilhosa! Sou muito sua fã e foi tão bom poder ver você e não só admirar seus textos! Adorei a ideia! Beijos!

Camila disse...

Olá Fernanda, sou sua admiradora desde o antigo blog, tenho seu livro (espero os próximos) e mais uma vez amei o texto. É assim mesmo, amor é punk. Há 4 anos, depois de muito ler e usar seus textos nas horas doídas, vivo um amor como o "Amor punk" que você citou. Concordo plenamente. às vezes até sinto falta da montanha russa, mas acordar do lado sabendo que você tem aquele alguém ali acaba sendo mais emocionante. Um grande abraço e PARABÉNS! (pelo amor e pelo talento =)

Anônimo disse...

Bom que você mantece os dois itens aos quais me identifico: rock e All Star hehe
Parabéns, texto verdadeiro. E quase não dá para perceber o medo da câmera

Anônimo disse...

Fê... q lindo ouvir sua voz... sou sua fã a anos! E esse sotaquezinho uai... me identifiquei muito.. tbm sou mineira!!!Adorei.. quero mais cronicas digitais!!

André Eiji - Japps disse...

Sua voz é agradável, você é linda e, acima de tudo, o texto é excelente. Amei. Ganhou mais um fã. Espero te ver novamente. Beijos.

Suzi disse...

Muuuuuuito fodástico! não conhecia seu trabalho e adorei conhecer! eesse lance de crônica digital? mt bom!!Continua assim que é sucesso eim! já mandei o video pra todas minhas amigas! =) lindo

Maísa Bodevan disse...

Fernanda lindona, leio seu blog desde os meus 16 anos (se não falha minha memória de batata frita), hoje tenho 21, você sempre foi um refúgio perfeito pra mim. Nunca havia comentado aqui, mas hoje não consegui me segurar. Amei o texto, amei o vídeo, e as palavras usadas refletem, como sempre, o algodão-doce ambulante que você é. Mas confesso, estou em crise existencial. Sempre me identifiquei tanto com seus dois pares de asas, com a vontade de ter uma vida azul piscina, com a criança que cresce criança, com o sonho de um amor que TIRE o fôlego, com o não querer uma vida pequena, um amor pequeno e uma alegria que caiba dentro da bolsa. E, junto com vc, me desidentificava com o morno, o meio termo,o viver mais ou menos, os homens bananas e os amores xôxos. E hoje, pela primeira vez, você me assustou dona Fernanda Mello! Hehe. Me senti sozinha no meu mundo de nóias e sonhos gigantes. Cadê minha companheira de intensidade de tantos anos? Deu medo de ser a única menina com pares de asas nesse mundo. Oh, céus, me sinto um ET! Tá, deu medo, mas ao mesmo tempo deu uma invejinha de ver que sua mente tá mais calma e o coração também. E deu também esperança, pq caaaaara, se FERNANDA MELLO hoje em dia quer um amor sossegado e dispensa as borboletas na barriga, eu não sou um caso perdido (Thanks God!). Uma vez assistindo “Estrelas”, vi uma entrevista com a Carolina Dieckmann em que ela dizia como era bom ter 30 anos, que todas as mulheres que ela admirava tinham mais de 30, e que aos 30 tudo é mais tranqüilo e que até o corpo fica mais proporcional. Confesso que não acreditei muito não, mas depois desse texto e desse vídeo... TRINTA ANOS, VENHAM LOGO por favor! Posso me abrir (não consigo não considerar você uma amiga.. depois de tantos anos de apoio! Hehe)? Já terminei um amor, um amor desses aí do Cazuza e justamente por ser um amor do Cazuza! Pô Fer, aos 20 anos quem vai querer viver um amor tranqüilo com sabor de fruta mordida? Terminei o relacionamento, na verdade, mas o amor continua. E hoje, depois de ver você dizendo isso tudo, deu a sensação de estar perdendo o amor de verdade, o amor PUNK, o amor que sabe que eu adoro arroz com ovo e que sabe q a gema tem q estar mais ou menos mole! Desespero. Bom, não vou fazer de você um diário, pq ninguém merece ficar ouvindo nóias de uma menina de 21. Peço de joelhos que continue escrevendo esses textos de algodão doce, que me ajudam há tanto tempo. Quero amadurecer junto com você, divide isso comigo? Enquanto isso vou procurando por mim mesma no meio dessa bagunça de ansiedades e expectativas (que bom que você se achou, Fer!). Meninas intensas sofrem, mas se divertem mais do qualquer uma também não é?! Não vejo a hora de dar esse suspiro calmo de quando se sai da montanha-russa. Um beijo. Obrigada por cada palavra!

Sebastiana disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Beatriz disse...

Muito, muito, muito, muito bom, Fernanda. Cada dia mais eu gosto dos seus textos. E, bem, poderia postar mais, né? rs.

Anônimo disse...

Vc acaba de ganhar mais uma fã! Tive uma semana difícil e estava no facebook qdo vi o vídeo de "O amor é punk". Minhas decepções não tinham como origem nehuma desilusão amorosa. Foi apenas curiosidade. Sou assim, mto curiosa! Ví o vídeo, entrei no seu blog e fiquei horas lendo as suas postagens. Amei! Mandei vária para algumas amigas, coloquei no twitter, postei no facebook. Tenho uma amiga que, assim como vc, escreve divinamente sobre as coisas da vida. Ela tem um blog que tem o nome de "Devaneios Eletrônicos". Há quem diga que ela é doida, vire a cara, mas fazer o que? Nem todos possuem sensibilidade o bastante para sentir as coisas simples da vida e SER FELIZ! Parabéns! Rachel Levy

Mila disse...

adoreiiii!!!! mto bacana....
parabéns!!!

p.s.: vc me lembrou MTO a isis valverde.... =]

Aline Medeiros disse...

Adorei seu blog. Muito criativo, inspirador! Eu também adoro escrever! Que Deus ilumine seus caminhos, sempre. Beijos no coração.

Desiderata disse...

rs! Boas descobertas...


PS: A idéia do vídeo é muito boa!!

fernanda.castelo disse...

Simplesmente LINDO!!

Fernanda Marchioretto disse...

Amazing! Tem que ter muita maturidade mesmo pra sacar que o amor é o cara. A paixão é só aquela zinha que nos faz surtar de vez em quando.
Genial a idéia das crônicas digitais!
Bjo lindeza!
http://fernandamarchioretto.blogspot.com/

Fernanda Marchioretto disse...

Amazing! Tem que ter muita maturidade mesmo pra sacar que o amor é o cara. A paixão é só aquela zinha que nos faz surtar de vez em quando.
Genial a idéia das crônicas digitais!
Bjo lindeza!
http://fernandamarchioretto.blogspot.com/

paamps disse...

Não conhecia seu blog, amr :D
mas adoreeeeei s2

parabéns, amar é punk foi foda! :D

tambem prefiro escrever do que falaar, mas vario de vez em quando.

Fique à vontade pra visitar-me>
www.blog-da-pamella.blogspot.com
www.narizdegelatina.wordpress.com

beeijos ;*

Heloise disse...

Amei o texto. Penso exatamente assim. Inclusive alguns meses atrás em uma festa, alguma amiga me falou "ai, quero uma daquelas paixões avassaladoras" e eu falei "eu não, quero a sorte de um amor tranquilo, com sabor de fruta mordida". E uma terceira amiga falou assim "nossa, ce ta mudada, hein?" Porque eu pensava exatamente o contrário. Amor tranquilo? Que tédio. :) Muito bom, conheci seu blog pelo vídeo, estou lendo os posts anteriores agora!

Anônimo disse...

Fantássstica!....

Visite FORTALEZA disse...

Depois de muito RodaR por esse mundo Virtual encontrei vc, amei sua crônica, Durante muito tempo procurei a pessoa Ideal, hj não mas, Procuro o cheio de defeitos, mas que me faça FELIZ....

minha vida disse...

NOSSA AMEI, QUERO UM LIVRO,PARECE QUE SOU EU SABE LINDO DE MAIS VIU.....

minha vida disse...

COLCA MAIS VIDEOS.... GOSTEI TANTO.....

Maíra disse...

Te seguindo, não tem como não seguir! Adoro seus textos, posto alguns no meu blog que te convido a conhecer mairacintra.blogspot.com
Beijos

alemdoque disse...

UAU,,, Nossa... esse o texto mais verdadeiro que eu vi,li e ouvi falando sobre amor... Nao conhecia seu trabalho.. Seguindo agora bjos...

Anônimo disse...

Adorei essa idéia! Ficou ótimo! E aí? Queremos mais! Cadê as próximas? rsrs...

tange. disse...

GENIAL a idéia de crônicas digitais! Parabéns! O texto é lindo, e seu jeito tímido, somado ao sotaque fofíssimo, deram ainda mais beleza a ele!

Vou acompanhar e aguardar as próximas! (:

Beijos,
Flávia Massa

PRICILLA CAMARGO DINIZ - A Fada de Olhos Azuis disse...

bom... é bom conhecer alguém q mesmo distante pense semelhante a vc...

bjos...

birasblog disse...

meu mêdo era esse vocÊ é muito linda,gata!!!!!!!!!!

millin disse...

caralho, morri de rir dessa tua filmagem muito criativa. to te seguindo, me segui? ;; abraço.

Don Octávio disse...

Fernanda, bom dia (Não sei que horas você vai ler esta mensagem, mas como tenho a teoria que o bom dia vale para o dia inteiro, e não só para o período manhã, tarde ou noite... Segue assim mesmo)

Eu também tenho um Blog, que também fala sobre relacionamentos. Desde a criação dele, eu coloquei duas regras...

1 - Não editar ou deletar qualquer comentário sobre um post (claro, tirando spam). Todo mundo tem direito a expressão por mais idiota que ela for...

2 - Não ler, ver ou entrar em outros blogs de relacionamentos, para não roubar idéias, ou acabar sendo influenciado por uma idéia... Se escrevo algo, ele vem do coração, da forma caótica e as vezes sem sentido que vier...

Mas este seu vídeo quebrou esta minha segunda regra... Parabéns pelo texto, pelo vídeo, por tudo...

Este vídeo não saiu da minha cabeça desde que eu vi ele semana passada, e por causa dele nasceu este post http://www.donoctavio.com.br/?p=1978)

Obrigado

Don Octávio

Anônimo disse...

Oii, Adorei o Video Crônicas Digitais!
Muito Lindo!
Parabéns!

Se quiser seguir, este é meu blog:
http://meacrescente.blogspot.com/

Monie disse...

Lindo demais! Parabéns! Adorei e espero que venham ainda muitas crônicas digitais por aí. Continue inspirando-nos! =)

Anônimo disse...

Fernanda, concordo contigo. Sempre acreditei que precisava de paixao pra sobreviver. Paixão acaba. Quimicamente comprovado.
Pode ser bonitinho nos textos que podemos escrever, muito mais poético do que acalma o coração.
Paixa acerela, amor desacelera para que o ritmo certo possa parecer melodia.

Amar o mesmo cara todos os dias. Isso sim é viver grandes aventuras.

Continuo a procura deste cara que consiga (e queira) me amar pelo resto da vida, sem achar isso piegas.
Mas eu encontro, ah se encontro!

Lu disse...

SHOOOOOOOOOOOOOOOOOOOW mulher, como não pensaste nestas crônicas virtuais antes??? RS. Você é um dos maiores exemplos de mulher-de-verdade que fazem sucesso no mundo dos blogs.

Parabéns sempre!

Debysissa disse...

Fê, adoro seus textos. TODOS. De cada um retiro algo que tem haver comigo. Quero ser "que nem" você quando crescer.. rs

O bem que me faz




De forma tão particular
Procuro palavras,
Versos e gestos


Exploro meus avessos,
Sem medo,
Sem me importar em perder de novo,
Afinal a vida é um jogo


Esse menino quem tem meu jeito
Que com até seus defeitos
Sabe como me ganhar


Com você a dor que era inimiga
Passou a ser amiga
E a carência tornou-se presença


Quero o bem que me faz
De um jeito tão eficaz
Quero que cuide de mim
Além da vida... Não precisamos de fim


autoria: Débora S. dos Santos (debysissa)

Nanda Roses disse...

Nossa, amei o se video!! Me identifiquei bastante, confesso que ate me emocionei! Até pq estou passando por uma situação q eu posso chamar de "Amor Punk" rs
E é incrível como vc escreveu tudo oq eu sinti, nossa...
Adorei mesmo!!

Beijooos querida e obrigado! Pq mesmo qu não tenha escrito pra mim, FALA de mim!! E poucas coisas me chamaram a atenção como a sua cronica!!
Estou te seguindo e espero me identificar mais por aq!!

Te espero la no meu blog tb
http://garota-que-sabe.blogspot.com/

Ana Carolina disse...

Vi ontem seu vídeo, adoreii e vim correndo visitar seu blog!
Me identifiquei com quse todas suas palavras..
Vou voltar sempre aqui!
Bjos!
=)

Alfred disse...

Punk! Arraso total .. show mesmo. Esse texto fez eu ver minha 'neguinha' em cada detalhe. Passo-a-passo. O amor construído degrau por degrau. Minha esposa é punk! rsrs Parabéns Fê!

Tarsila Aroucha disse...

aqui é tudo sempre lindo, passando pra dizer que finalmente comecei meu blog publico, pois ate então tinha so um privado e dizer que sempre estive por aqui, porem "anonima" mais sempre amanda tudo. e esse texto é incrivel :D

Dég disse...

ADOREI, já favoritei o seu blog no meu xD

Maura Oliveira disse...

ADOREI o seu blog. E este seu vídeo é ótimo!
To te 'conhecendo' agora, mas nunca é tarde para desfrutar de belas palavras!
Muito sucesso em tua vida.
Beijos!

Nina disse...

Caramba,tudo que vc escreveu foi simplesmente demais,lindo,poético,atual,emocionante no melhor sentido.Amar não é só punk,é realmente foda!!!

Leila disse...

Seu texto é de uma simplicidade e de uma verdade absoluta. "Não existe nada mais contestador do que amar uma pessoa só". Disse tudo.

Anônimo disse...

Possibly the most amazing blog that I read all year halter neck wedding dresses!?!

Dobras em Cetim disse...

Amar é realmente punk meeeesmo!

Daiane Sampaio disse...

Oi!
Já era fã dos teus textos e agora que descobri o blog! uhuuu \0/
Ja tô seguindo!

Quanto ao post, amei! Tu sabe transmitir com simplicidade o essencial!

Beijos!

Cah_lpv disse...

Olá, gostei muito do seu texto... Eu estou precisando de um monologo para apresentar em um video para atores, eu poderia usar este texto? Bom de qualquer forma voce faz um excelente trabalho, parabens :D

KàáH disse...

Doorei este video quando vi... To seguindo.. se puder visita meu cantinho. Bjz

Anônimo disse...

Leegal , gosteei (:
Mais tbm seria lega se vs deixasse um espaço pros leitores enviar tbm (:
I ae ooq me faala ?

Anônimo disse...

Leegal , gosteei (:
Mais tbm seria lega se vs deixasse um espaço pros leitores enviar tbm (:
I ae ooq me faala ?

kiiti disse...

que video mais lindo... precisava ouvir algo assim...

obrigado.. bjs

Gabi Medeiros disse...

Engraçado! há uns meses li esse texto e pensei " nada a ver " ...hj me encontro em cada parágrafo!! AMÉM!!
bjoo

Lari Oliveira disse...

Nossaa parece que vc leu meus pensamentos! rsrsrsrs

Anônimo disse...

http://prixviagrageneriquefrance.net/ viagra
http://commanderviagragenerique.net/ viagra
http://viagracomprargenericoespana.net/ viagra generico
http://acquistareviagragenericoitalia.net/ viagra acquistare

Anônimo disse...

da hora mesmo

Anônimo disse...

TOPPPP!!! Falou tudo!

 

Dia 03 de dezembro tem Gabi Mello!

Dia 03 de dezembro tem Gabi Mello!

Anuncie aqui!