Amar é punk: trecho



MEU LIVRO NOVO – veja bem – COMECEI POR VOCÊ.

Porque era você, depois não era e depois era de novo. Outra hora eu achava que nunca mais seríamos nós e, em outra, acreditava que iria morrer de amor sem você. Aí então eu percebi o que ninguém quer aceitar: a gente não ama do mesmo jeito todo dia. Tem dia que o amor vira raiva. Vira tristeza. Vira cansaço. Vira mágoa. Vira pão com ovo. Vira cara emburrada.

Tem dia que o amor parece qualquer coisa – MENOS AMOR. Na minha opinião, esses dias são os mais perigosos, ou, talvez, difíceis. Porque o amor pode parecer não ser, MAIS AINDA É. E deixá-lo ir pode ser um caminho sem volta. 

ps: Para comprar o livro AMAR É PUNK, só enviar um email para LOJA.FERNANDAMELLO@GMAIL.COM, frete grátis para todo o Brasil.

O Perdão no Divã

Perdão é uma palavra linda em seus significado e significante. Significante são o som e a grafia das palavras e significado é o que sabemos e sentimos sobre a palavra. Qual a importância nas nossas vidas desse signo tão forte e cada vez mais pesquisado por psicólogos, médicos, lideres políticos e religiosos, o que tem de especial e mágico em uma palavra que pode repercutir na saúde física e mental de uma pessoa e na paz entre povos. O perdão prolonga relações importantes, o exemplo disso é o perdão na família, perdão no trabalho, amizades e amores perdoados. mão de sua vaidade ou de suas convicções. A civilização não existiria se o irmão matasse a irma que matou os pais, seria impossível conviver em família porque somos humanos e erramos, às vezes erramos feio, mas isso não é o fim. O perdão leva a esse aprendizado, o de não ser o fim, mas um novo começo. A falta de perdão leva ao fim, o egoísmo leva ao fim. A ação da pulsão de conciliação é o amor recíproco. A presença de alguém compartilhando a vida com amor recíproco pode curar doenças que foram criadas por acúmulo de sentimentos negativos. Mas apesar de o beneficio do perdão ser para quem perdoa e para quem pede perdão não é fácil fazer nenhum dos dois movimentos. Perdoar não significa esquecer o fato e para pedir perdão é preciso ter coragem para abandonar velhas opiniões e, sabedoria para sermos aquele que perdoa e não aquele que tudo aceita. Vale à pena tentar encher sua alma de paz, só é preciso aprender a exercer empatia* para o uso de o perdão ser o mapa da caminhada evolutiva de cada um.

*pulsão: É a tendência instintiva consciente/inconsciente que motiva e empurra as atividades de todo sujeito. Para Freud pulsão é uma forca constante que atua durante todo o tempo.

*empatia: processo de identificação em que o indivíduo se coloca no lugar do outro e, com base em suas próprias suposições ou impressões, tenta compreender o comportamento do outro. (abordagem psicologia)


"Amor no Divã" e "Frases no Divã" é escrita pela psicóloga, psicanalista clínica, gestora de pessoas e especialista em projetos para terceiro setor +Renata Lommez,que me ajudou em todo o livro O AMOR NA TPM.
Instagram: @renatalommez

0 Fala, coração!:

 

Dia 03 de dezembro tem Gabi Mello!

Dia 03 de dezembro tem Gabi Mello!

Anuncie aqui!